Edital

ATENÇÃO: baixe em word esse formulário, caso queira fazer antes uma versão rascunho, clicando aqui.

O Festival ABCR, realizado anualmente, oferece a melhor oportunidade de capacitação e ampliação de contatos de interesse educacional e relacionamento para gestores e profissionais de captação e mobilização de recursos do país. 

É importante que você leia cuidadosamente as informações abaixo antes de preencher o formulário on-line, e as aceite formalmente. Este conteúdo vai ajudar você a apresentar uma proposta mais completa, com os elementos necessários à avaliação. 

Todas as propostas serão avaliadas pelo Comitê Científico do Festival ABCR, com o apoio da equipe executiva da ABCR, que organiza o evento. 

As candidaturas devem ser submetidas exclusivamente pelo formulário on-line, até a meia-noite do dia 7 de fevereiro de 2023. Os resultados serão divulgados no dia 15 de março de 2023. Serão escolhidas até 48 propostas para se apresentarem no festival. 

O Festival ABCR será nos dias 03 e 04 de julho, em formato presencial. As sessões aqui propostas devem ser feitas considerando a versão presencial do evento, em São Paulo, e poderão ser eventualmente selecionadas para transmissão on-line, caso o cenário sanitário se altere. 

Introdução: 

Após dois anos muito difíceis, o ambiente pós-pandêmico posicionou o terceiro setor com reconhecida relevância dentro da sociedade brasileira. As organizações da sociedade civil (OSCs) foram capazes de significativas contribuições nas ações emergenciais e de assistência social permanente. Teve grande exposição também a sua atuação em novas fronteiras da filantropia, colaborou com o setor privado, governos e desenvolveu modelos híbridos. A Sociedade Civil se mostrou atuante nas áreas da saúde, educação, assistência social, inclusão econômica, preservação ambiental e em muitas outras frentes, deixando claro para o Comitê Científico da ABCR que nosso evento anual deve refletir tudo isso. Portanto, este ano, ao contrário das últimas edições, não teremos um tema específico do Festival ABCR 2023. 

Por outro lado, seja qual for o arranjo institucional ou a causa defendida, o Comitê Científico entende que as dimensões da gestão e do ferramental de captação vão sempre ser necessárias para a sustentação dos serviços de interesse público que são prestados. Para fazer frente a essa demanda, organizamos o Festival em palcos temáticos alinhados aos eixos do Edital, fortalecendo esses pilares essenciais para o sucesso das organizações da sociedade civil frente à tarefa de desenvolvimento institucional e captação de recursos. 

Esperamos receber propostas qualificadas e generosas que compartilhem boas práticas e desafios enfrentados pelos profissionais, para que o setor todo se fortaleça de forma acelerada.

Lembrando que o Festival ABCR 2023 será realizado no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo - e com formato de espaços abertos e integra
Público Alvo:
  • Profissionais da área de captação e mobilização de recursos de organizações da sociedade civil que buscam adquirir e compartilhar experiências; 
  • Gestores/as de associações e fundações que querem aprender sobre captação de recursos, em busca da sustentabilidade financeira das suas organizações; 
  • Profissionais de investimento social, responsabilidade social e sustentabilidade que captam recursos e atuam em programas e projetos em parcerias com outras organizações; 
  • Acadêmicos/as, estudantes, pesquisadores/as e demais interessados/as em compreender a situação atual e as tendências de mobilização de recursos; 
  • Profissionais do setor privado que lideram áreas de investimento social privado ou marketing e pretendem compreender melhor o universo da captação de recursos para otimizar investimentos.
Regras gerais:

1. Palestrante: ser palestrante significa realizar uma sessão de 50 minutos no Festival ABCR 2023. No evento, serão apresentados conteúdos práticos, casos, estratégias, pesquisas e ideias inovadoras. O público esperado é de 50 a 100 pessoas por palestra, que serão realizadas de forma paralela, até 8 por período. 

2. Elegibilidade: o objetivo das palestras é oferecer a informação mais recente que vai aprimorar o conhecimento profissional dos/as participantes do Festival ABCR. 

Para tanto, as seguintes orientações serão observadas: 

a) Preferência será dada a membros da ABCR; 

b) Atenção especial será dada a interessados/as que indicarem link de vídeo no qual seja possível verificar suas capacidades de apresentação numa palestra já realizada por você; 

c) Para que novas ideias e oportunidades de aprendizado sejam apresentadas, a ABCR encoraja propostas de novos/as apresentadores/as, inclusive incluindo uma porcentagem de novos/as palestrantes todos os anos e também formatos mais dinâmicos, que promovam maior envolvimento e diálogo com os participantes.

d) Serão aceitas as submissões de até duas propostas por pessoa. 

e) Cada pessoa poderá palestrar em apenas uma sessão aprovada pelo edital, seja sozinha ou em parceria.

f) O Festival ABCR buscará ser inclusivo e diverso, compondo um quadro de palestrantes das mais diversas origens, perfis, gênero, raça, regiões, etc.

g) Critérios a serem observados nas propostas: I) Capacidade técnica do palestrante (experiência profissional); II) Inovação (formato da atividade, tema tratado, abordagem e etc); III) Aderência aos eixos; IV) Contribuição à formação dos participantes; e V) Clareza e persuasão. 

h) A quantidade final de selecionados é determinada pela avaliação recebida, tendo como base os critérios indicados no edital. Caso os proponentes não atinjam o nível mínimo de excelência, o Comitê Científico se reserva ao direito de indicar um número inferior a 48 palestras aos organizadores do Festival. 

3. Eixos: as palestras no Festival devem, obrigatoriamente, abordar pelo menos um aspecto da captação de recursos para organizações da sociedade civil dentro dos eixos apresentados a seguir. Propostas de palestras com eixos/temas completamente distintos aos abaixo listados não serão aceitas:
I – GESTÃO E CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Neste eixo, gostaríamos de privilegiar palestras que tratem do planejamento, estratégia, ferramentas de fortalecimento institucional e dos aspectos de gestão, demonstrando como eles podem interferir diretamente no potencial de captação de recursos da instituição ou no resultado dessa atividade. 

As palestras desse eixo poderão abordar os seguintes assuntos: engajamento de conselhos; gestão; planejamento; estratégia; governança; ética; olhar para sustentabilidade organizacional (viabilidade operacional e/ou financeira; programas de Integridade (compliance) e de aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD; relações de confiança; ambiente legal e normativo (adequação ao Marco Regulatório, Código Tributário Nacional e de toda a legislação inibidora da lavagem de dinheiro); Monitoramento e avaliação de indicadores de resultados econômicos e de impacto dos projetos financiados. 

II – O PROFISSIONAL DE CAPTAÇÃO

Neste eixo, gostaríamos de privilegiar palestras que contribuam para o desenvolvimento do profissional e tratem da importância do papel do captador como parte das organizações, alinhado ao código de ética da ABCR e as habilidades interpessoais (soft skills) necessárias para a captação de recursos. As palestras desse eixo poderão abordar os seguintes assuntos: valorização da profissão e do profissional; perfis profissionais; papel do captador nas organizações; treinamento e formação profissional; habilidades interpessoais necessárias para o captador; desenvolvimento de carreira; parâmetros de remuneração; bem-estar; redes de apoio; relacionamento e diálogo entre cultura da captação e cultura de doação; importância do papel do captador ou captadora de recursos na construção de uma sociedade mais justa, solidária e fraterna. 

III – INOVAÇÃO E REDES DE CAPTAÇÃO

Neste eixo, gostaríamos de privilegiar palestras que tratem de novidades da captação, formas inovadoras de captação de recursos, novos potenciais de recursos para o terceiro setor. Também desejamos conhecer boas experiências na captação em redes, envolvendo uma construção coletiva ou beneficiando simultaneamente mais de uma organização ou parceiro. 

As palestras desse eixo poderão abordar os seguintes assuntos: novos formatos de captação de recursos, novas experiências; inovação; ações coletivas de captação de recursos; construção de redes intra e intersetoriais; novos formatos colaborativos de captação de recursos; relações com a teoria contingencial (variáveis ambientais, tamanho, tecnologia, estrutura, estratégia).
IV – COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO

Neste eixo, gostaríamos de privilegiar palestras que tratem da comunicação como meio para engajamento de pessoas (doadores e voluntários) pela causa e pela organização, demonstrando o papel estratégico da comunicação alinhada à captação de recursos. As palestras desse eixo poderão abordar os seguintes assuntos: transparência; formas de engajamento; campanhas de sucesso; tecnologias; presença nas mídias sociais; tráfego; produção de conteúdo; construção de autoridade para a causa/organização e cases; Capital Moral (reputacional); gestão de voluntários (perfil, seleção, alocação, acompanhamento e treinamento);valorização da ética na comunicação; respeito à legislação atualizada sobre uso de imagens, fake news, exposição de crianças, idosos, mulheres e outros;Régua de relacionamento; campanhas institucionais; uso da linguagem acessível e inclusiva. 

V – FERRAMENTAS E FONTES DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Neste eixo, gostaríamos de privilegiar palestras que tratem das fontes de recursos disponíveis para o terceiro setor e de ferramentas que podem ser utilizadas para melhorar a atividade de captação, sempre considerando um olhar para a diversificação de fontes e estratégias. 

As palestras desse eixo poderão abordar os seguintes assuntos: fontes nacionais e internacionais; construção do mapa de patrocinadores (empresas, indivíduos, fundos, fundações, governos, geração de renda); legislações aplicáveis; leis de incentivo fiscal; técnicas de negociação; processo de captação; Indicadores de desempenho (uso eficiente dos recursos e adequada avaliação/monitoramento); Ferramentas tais como: Balanced Scorecard, BCG, SWOT e VIC e etc ; Conversão de doadores pontuais em doadores frequentes; Transformar as doações pontuais direcionadas a uma consequência em investimentos sociais permanentes direcionados à causa; aspectos legais relacionados ao uso das tecnologias de inteligência artificial na abordagem das captações; buscar formas de esclarecimentos com linguagens acessíveis e claras para o público em geral, em especial na relação com pessoas idosas e públicos em situação de vulnerabilidade; canais de esclarecimentos de dúvidas, pronto atendimento e processamento de desistências a qualquer tempo. 

4. Nível: as palestras no Festival devem, obrigatoriamente, informar o nível de conhecimento que os participantes devem possuir para melhor aproveitá-las, podendo ser duas as classificações: 

a) Temas gerais: palestras de caráter amplo, que não demandam um nível de conhecimento mínimo do/a participante e que podem ser compreendidas por todos/as, independentemente do perfil do/a captador/a de recursos que estiver assistindo. 

b) Avançadas: palestras dirigidas a captadores/as de recursos que atuam há muitos anos na profissão, que já conhecem os seus fundamentos principais e estão buscando aprofundar o seu conhecimento com pesquisas, casos e técnicas que vão trazer novidades e propor debates inovadores.
Novidade: No Festival de 2023 teremos um palco inteiramente dedicado às palestras avançadas. 

5. Apresentação: todas as propostas devem ser feitas em formulário on-line e não serão aceitas de outra forma.

6. Perfis: se a proposta tiver mais de um/a palestrante, o/a palestrante líder deve ser identificado/a como o contato. No entanto, informações sobre a qualificação profissional, experiência e referências de todos/as os/as palestrantes devem ser incluídas na proposta. 

7. Parcerias:

a) Apresentação de painéis e debates são encorajadas quando apropriado. No entanto, devem ser limitadas a no máximo três pessoas; 

b) Apresentadores/as experientes, que já estiveram em um Festival, são encorajados/as a realizar parcerias com palestrantes que não estiveram presentes em anos anteriores; 

c) Consultores/as são fortemente encorajados a palestrar conjuntamente com seus/suas clientes, e preferência será dada a propostas nesse sentido quando comparadas com propostas em que consultores/as estejam palestrando sozinhos/as. 

Além disso, será limitado o número de palestras por cada organização inscrita, a critério do Comitê Científico da ABCR. 

8. Inscrição gratuita: palestras realizadas no Festival são consideradas contribuições para a profissão e todas as despesas relacionadas com a participação no evento são de responsabilidade dos/as próprios/as palestrantes. No entanto, a ABCR oferecerá isenção da taxa de inscrição no evento para os/as palestrantes selecionados/as por meio deste edital. A isenção não é válida para as masterclasses.  

9. Acompanhantes: os palestrantes aprovados no edital poderão ser acompanhados durante a sessão ministrada, e apenas nela, por assessor/a de imprensa ou ajudante de ordens. Nesse caso, deverão comunicar antecipadamente a organização do evento para a realização dos arranjos necessários.
10. Compromisso: todos/as os/as palestrantes obrigam-se a aceitar as regras deste edital e as orientações de palestras definidas pelo Comitê Científico da ABCR, incluindo: 

a) Caso haja apresentação de slides, o modelo desenvolvido pelo evento deverá ser utilizado, e conteúdo devidamente formatado deverá ser enviado até trinta dias antes do início do evento (até 3 de junho de 2023); 

b) O/a palestrante deverá utilizar os equipamentos audiovisuais (incluindo laptop) disponibilizados pela produção do evento, não podendo utilizar os seus próprios materiais no dia. 

c) Palestrantes concordam que as sessões no Festival ABCR podem vir a ser gravadas, e as gravações disponibilizadas pela ABCR, gratuitamente ou não, com os direitos de imagem e receitas totalmente cedidos à ABCR; 

d) Consultores/as e prestadores/as de serviços não podem promover sua empresa, produtos ou serviços como parte da palestra. Todo e qualquer uso de informação comercial deve ter objetivo educacional e apresentado sem custo; 

e) Autores/as não podem vender seus livros, mas isso não os/as impede de usá-los como referência durante a apresentação. 

11. Dúvidas: dúvidas e solicitação de outras informações sobre o edital podem ser remetidas ao e-mail falecom@captadores.org.br. 

12. Produção: A empresa contratada pela ABCR para fazer a produção do evento é a Necta, que entrará em contato com os palestrantes aprovados no edital para solicitar os slides, enviar a cortesia de inscrição e tirar dúvidas logísticas. Qualquer alteração de conteúdo deverá ser informada à ABCR. 

13. Vídeo: O Festival ABCR tem uma programação vigorosa e muito variada. Muitos participantes do evento indicam na avaliação que eles gostariam de ter assistir o máximo possível de palestras. Para fazer frente a essa demanda, neste ano estamos abrindo no edital a possibilidade de quem for selecionado/a para palestrar enviar previamente uma versão gravada da sua sessão, para que a mesma seja disponibilizada virtualmente para os participantes após o Festival. É um convite que o Comitê Científico faz com o objetivo de ampliar a oportunidade de desenvolvimento e treinamento dos profissionais do campo de captação de recursos. Após a aprovação no Edital, a ser informada por e-mail e publicada nas redes sociais da ABCR, faremos o convite para o envio da gravação e enviaremos as instruções para ela.

Question Title

* 1. Confirmo que li e estou ciente das regras do edital de envio de sessões para o Festival ABCR 2023, para o qual estou me candidatando a partir de agora.

T