Fazer loginINSCRIÇÃO GRÁTIS
Resultados do blog
Mostrando 0 de 0 resultados
Mantenha a curiosidade! Você vai encontrar algo.
Enquetes

Estudo da Momentive: assinaturas de jogos, streaming e NFTs

Estudo da Momentive: assinaturas de jogos, streaming e NFTs

Principais constatações:

  • Os jogos eletrônicos estão cada vez mais digitais, com a popularização de assinaturas e jogos na nuvem, mesmo que os jogos físicos ainda sejam importantes para gamers de console 
  • Os gamers esnobam as NFTs, com mais de 4 a cada 10 dizendo que abandonariam um jogo que introduzisse NFTs
  • 3 a cada 10 gamers veem aquisições de desenvolvedores de jogos como algo negativo para o setor
  • A Nintendo é o desenvolvedor de jogos mais adorado, com dois dos títulos mais esperados de 2022

3 a cada 10 gamers veem aquisições de desenvolvedores como algo negativo para o setor

As recentes aquisições da Activision Blizzard e da Bungie pela Microsoft e pela Sony (respectivamente) estão levantando preocupações sobre a qualidade dos jogos criados depois de aquisições. No geral, 30% dos gamers acreditam que essas aquisições são algo ruim, enquanto 15% acham que no geral são positivas, 17% que não veem diferença e 36% expressam incerteza.

Gamers de PC e console são muito menos receptivos a aquisições do que gamers em geral:

  • 39% dos gamers de PC/laptop e 35% dos de console acreditam que aquisições são em sua maior parte algo ruim para os jogos, comparado a 30% dos jogadores em geral
  • 36% dos gamers de PC/notebook e 35% dos de console acreditam que aquisições levam a jogos de menor qualidade dos desenvolvedores adquiridos

As aquisições recentes não eram novidade para 42% dos gamers; entre esses, 4 a cada 10 (38%) acreditam que aquisições de estúdios menores por corporações maiores, como a Microsoft e a Sony, têm um impacto negativo sobre o setor de games, e uma proporção igual (38%) acredita que os novos jogos criados por desenvolvedores adquiridos têm menor qualidade.

A Nintendo foi escolhida como o desenvolvedor favorito dos gamers, com dois dos títulos mais esperados de 2022

Apesar das recentes novidades em microtransações, NFTs e da consolidação do setor, a maioria dos gamers acredita que os video games lançados hoje são melhores que os de cinco anos atrás: 41% acreditam que os lançamentos são melhores agora do que há 5 anos, 19% acham que são piores e 35% acham que são mais ou menos iguais.

A Nintendo continua encantando os gamers, com quase um quarto (24%) dos gamers votando na empresa japonesa como seu desenvolvedor favorito. A EA fica em segundo com 10%, seguida de um empate múltiplo da maioria das outras empresas. Legend of Zelda: Breath of the Wild 2, da Nintendo, também lidera como o jogo mais esperado em 2022, com Pokemon Legends: Arceus logo atrás.

Os jogos eletrônicos estão cada vez mais digitais, com a popularização de assinaturas e jogos na nuvem 

Os gamers em geral têm uma preferência esmagadora por comprar jogos por download e continuam se afastando dos discos físicos. Somente um a cada quatro gamers diz que compra cópias físicas de jogos, enquanto 84% compram por download. Já os gamers de console continuam comprando discos físicos (63%), apesar da alta taxa de adesão aos downloads (84%).

A compra de jogos também parece ser cada vez mais opcional:  

  • 21% têm a assinatura de um serviço de jogos (como o Xbox Game Pass ou o Playstation Now)
  • 10% jogam jogos na nuvem
  • 7% têm um passe por assinatura e um serviço de jogos na nuvem

Gamers de console são responsáveis pela maioria dos passes por assinatura e streaming na nuvem:

  • 46% assinam um passe de jogos por assinatura
  • 15% jogam por meio de streaming ou jogos na nuvem
  • 12% assinam ambos

Gamers esnobam as NFTs, com mais de 4 a cada 10 dizendo que vão desistir dos jogos que introduzirem NFTs

Quase metade (48%) de todos os gamers fazem microtransações, sendo que 21% gastam dinheiro em transações em jogo pelo menos uma vez por mês. No entanto, há pouco entusiasmo pelos planos dos desenvolvedores de introduzir NFTs: a maioria esmagadora (84%) dos gamers diz não ter interesse em comprar NFTs em seus jogos, com 71% “nem um pouco interessados”.

Menos de um a cada dez (7%) diz que NFTs vão ter um impacto positivo sobre suas experiências de jogo. A incerteza com relação à tecnologia prevalece, com 43% incertos sobre o impacto das NFTs em sua experiência, 27% achando que não vai haver diferença e 21% achando que as NFTs vão ter efeito negativo em suas experiências de jogo.

Apesar da falta de entusiasmo, os gamers estão divididos com relação a desenvolvedores anunciarem e venderem NFTs em seus jogos: 44% dizem que a chance é alta ou muito alta de pararem de comprar ou jogar jogos desses desenvolvedores, enquanto 52% não acham que faz diferença.

Leia mais sobre nossa metodologia de enquetes aqui.