Fazer loginINSCRIÇÃO GRÁTIS
Resultados do blog
Mostrando 0 de 0 resultados
Mantenha a curiosidade! Você vai encontrar algo.
Dicas de questionários

Como dar peso a perguntas e respostas para análise de dados em um questionário

Como dar peso a perguntas e respostas para análise de dados em um questionário

Quanto melhor você puder identificar os sentimentos dos respondentes, melhores serão as decisões que você pode tomar para atendê-los.

Uma maneira eficaz de medir os sentimentos dos respondentes para análise de dados em um questionário é atribuir números a cada opção de resposta para uma pergunta. Chamamos isso de atribuir pesos a uma pergunta. Depois, quando as respostas chegarem, você pode usar esses dados para entender como os respondentes se sentem e se estão apegados às próprias opiniões.

Quer saber como isso funciona? Vamos explorar um pouco mais!

Tudo pronto para fazer usar essa técnica?
Tenha mais insights com suas perguntas atribuindo pesos para elas!
Fazer login

Por que se importar com o peso das respostas?

As porcentagens, bem comuns em análise de dados de pesquisa, representam uma porção dos respondentes, mas, com os pesos, podemos incluir as respostas de cada respondente na análise.

Isso pode oferecer uma perspectiva diferente ou novos insights que você não teria notado se tivesse apenas observado percentuais e números brutos.

Os pesos são relacionados especificamente a nossas perguntas de matriz e classificação. Com perguntas tipo matriz, você pode criar os próprios pesos para cada opção de resposta da escala. Já nas perguntas de classificação, um peso fixo é atribuído por padrão a cada opção de resposta.

Interessante, não? Agora vamos aprender como pesar respostas para cada um desses tipos de pergunta.

Como pesar respostas em perguntas do tipo Matriz

A pergunta tipo matriz (também conhecida como escala de avaliação) permite criar uma tabela com a mesma escala aplicada a várias perguntas. Cada pergunta é uma linha na matriz e a escala é formada por cada uma das colunas. Esse tipo de pergunta permite personalizar o valor do peso atribuído a cada opção de resposta.

Assim como na imagem acima, os valores são atribuídos de 1 a 5, mas você vai ver que pode editar esse valor. Isso é útil por alguns motivos.

Muitas vezes, você pode criar uma escala com atributos negativos e positivos para cada opção de resposta, como ao criar pesos entre -2 e 2. Isso permite atribuir sentimentos negativos ou positivos a um conjunto de opções.

Por exemplo, vamos supor que você perguntou aos seus funcionários se estão satisfeitos com a gerência e quer acompanhar sua insatisfação. Você poderia, então, atribuir um valor negativo maior a um sentimento negativo.

Antes de atribuir um peso à sua pergunta de matriz, pense bem se você precisa mesmo disso. Se fizer uma pergunta de matriz sobre quais marcas de celular você associa a palavras como alta qualidade ou preço acessível, por exemplo, ter uma média de peso de 3,4 não vai dizer se as pessoas associam qualidade à Apple ou à Samsung.

Muitas perguntas não precisam de um peso. Se for o caso, você pode desmarcar a opção “Usar pesos” ao desenvolver a pergunta. Também é possível adicionar, ajustar ou remover pesos de perguntas de matriz, mesmo se a pesquisa estiver ativa.

Como pesar respostas em perguntas de classificação

No caso de uma pergunta de classificação, os pesos já foram aplicados à escala numerada para você. Essas perguntas normalmente pedem para a pessoa respondente classificar uma lista de opções com base no item mais preferido até o menos preferido.

Em uma pergunta de classificação, quanto mais uma pessoa prefere uma opção (ou seja, quanto mais próxima a opção for de 1), maior o peso associado à seleção. Pense nisso como um peso de importância: quanto mais importante é a opção para quem responde, maior é o peso atribuído (e vice-versa).

Afinal, por que usar uma pergunta de classificação ao invés da de matriz? Bom, uma pergunta de classificação é mais direta do que a de matriz, pois simplesmente trata da preferência de cada respondente entre um grupo de opções. Como os respondentes têm as mesmas comparações ou grupo de opções em mente, muitas vezes isso leva a dados mais confiáveis.

Além disso, você não precisa atribuir um peso para cada opção de resposta, pois isso já é feito automaticamente. Apenas observe que, embora atribuir pesos em uma pergunta de classificação seja algo óbvio para a pessoa que criou o questionário, pode ser difícil para quem o responde, principalmente se duas opções forem igualmente importantes, já que as opções precisam estar em uma ordem.