Sim, há a forma certa e errada de numerar uma escala de avaliação

Depois que identificamos uma construção de interesse específica, a pergunta é: "quantas opções de resposta?". Há um jeito fácil de decidir. Todas as construções são bipolares ou unipolares, e o número de opções de resposta que atribuímos a uma pergunta depende da sua construção oculta ser bipolar ou unipolar. Nas construções bipolares, as atitudes podem pender para um lado ou outro de um ponto médio que, por si só, é uma neutralidade ou ambivalência real. Por exemplo, a diretora de uma escola pode querer saber se os pais acham que o dia letivo é muito longo, curto ou se está bom. Então, o tempo é uma construção bipolar.

As construções unipolares são aquelas que se aplicam estritamente a uma medida — há uma medida máxima para a atitude ou não há nenhuma. Por exemplo, digamos que eu peça a você para classificar se este artigo é útil. Ele pode ser o artigo mais útil que você já leu, pode não ser nada útil, ou pode estar num determinado ponto entre estes dois extremos. A partir desse ponto, podemos presumir com segurança que há um meio-termo, como "mais ou menos" útil.

Aqui, podemos facilmente decidir entre três opções de resposta. Depois, uma opção de resposta entre o ponto médio e os extremos é mais fácil de entender. Assim, o que temos é: Extremamente útil, Muito útil, Mais ou menos útil, Um pouco útil e Nada útil — cinco opções de resposta. Embora haja um ponto "médio", o significado desse ponto decididamente não é sinônimo de "neutro".

Quão útil foi este post para você?

  • Extremamente útil
  • Muito útil
  • Mais ou menos útil
  • Um pouco útil
  • Nada útil

As escalas bipolares exigem sete opções de resposta, três em cada lado do ponto médio — ou seja, um ponto médio que realmente signifique neutro, nem um, nem outro ou ambos. Se voltarmos ao exemplo da diretora da escola, ela perguntaria se o dia letivo é: Muito longo, Mais ou menos longo, Um pouco longo, Satisfatório, Um pouco curto, Mais ou menos curto ou Muito curto.

O dia letivo é muito longo, muito curto, ou está bom?

  • Muito longo
  • Mais ou menos longo
  • Um pouco longo
  • Nem longo demais nem curto demais
  • Um pouco curto
  • Mais ou menos curto
  • Muito curto

Já faz algum tempo que há muitos debates e confusão em relação à numeração das opções de resposta. Os acadêmicos demonstraram que as escalas são mais confiáveis quando construídas com cinco e sete opções de resposta.

Descubra como a SurveyMonkey pode aguçar sua curiosidade