Fazer loginInscrever-se
Resultados do blog
Mostrando 0 de 0 resultados
Mantenha a curiosidade! Você vai encontrar algo.
Dicas de questionários

5 dicas para usar perguntas de triagem em sua pesquisa

5 dicas para usar perguntas de triagem em sua pesquisa

Você tem um interesse específico em um determinado grupo de pessoas?

Garanta que todas as suas respostas venham do seu público-alvo fazendo perguntas de triagem em pesquisa. Basicamente, perguntas de triagem são perguntas feitas no início da pesquisa que determinam quem passa para a próxima parte, dependendo das respostas. Essas perguntas são fáceis de fazer e de preencher e fazem toda a diferença na qualidade dos seus dados.

Para ajudar você a usar perguntas de triagem com eficácia, vamos dar uma olhada no seguinte:

Os dois tipos de pergunta de triagem

Antes de redigir uma pergunta de triagem, decida se você quer que ela seja comportamental ou específica para um setor.

Perguntas de triagem comportamentais medem a conduta do respondente, desde o que come até os aplicativos móveis que usa. Use essas perguntas para coletar feedback de pessoas que agem de certa maneira ou participam de uma determinada atividade. 

Por exemplo, digamos que você deseja saber mais sobre os hábitos de TV das pessoas. Você pode fazer a pergunta de triagem "Aproximadamente quantas horas de TV, em média, você assiste por semana?", em que as opções de resposta oferecem diferentes intervalos de horas. Se o respondente selecionar 0 horas, você pode levá-lo para o final da pesquisa. 

Perguntas de triagem específicas do setor querem saber com o quê as pessoas trabalham. Use esse tipo de pergunta para remover os respondentes inerentemente enviesados ou para focar nos cargos e setores em que você está particularmente interessado. 

Por exemplo, se deseja obter feedback sobre produtos de marketing, é possível usar uma pergunta de triagem sobre o ramo em que o respondente trabalha. Aqueles que trabalham com marketing podem ir para a próxima página, e os que trabalham em outras áreas vão para o final da pesquisa. 

Cinco práticas recomendadas para usar perguntas de triagem

Quando souber o tipo de pergunta de triagem que deseja usar, decida como e quando perguntá-la. Veja algumas orientações que podem ajudar:

1. Adicione uma quebra de página depois da última pergunta de triagem. A lógica que você criar para a pesquisa não pode ocorrer até que se adicione uma quebra de página. Por isso, lembre-se de criá-la imediatamente após suas perguntas de triagem. Além disso, não se esqueça de aplicar uma lógica de ramificação de pergunta se estiver usando só uma pergunta de triagem ou uma ramificação avançada se estiver usando várias. Ambas as formas de lógica permitem ignorar automaticamente os respondentes e enviá-los para uma determinada página, dependendo das respostas escolhidas.

2. Crie perguntas de triagem simples. Evite usar mais de sete opções de resposta e mantenha-as claras e concisas. É importante lembrar que uma pergunta de triagem é apenas uma porta de entrada para a pesquisa. Por isso, uma lista abrangente de opções de resposta geralmente não é necessária.

3. Evite opções de resposta de "Sim" ou "Não". Essas perguntas podem provocar um viés de aquiescência ou a tendência de a pessoa responder que sim apenas para parecer mais agradável.

4. Não tenha medo de usar várias perguntas de triagem. Às vezes, você precisa de mais de uma pergunta para determinar se um respondente é compatível com a pesquisa. Se isso trouxer resultados mais precisos, não tem problema!

5. Faça suas perguntas de triagem no início da pesquisa. Se o respondente não se encaixar nos critérios, você não vai querer que ele perca seu tempo e prejudique a qualidade dos dados. Colocar essas perguntas de triagem no começo é vantajoso para ambas as partes.

Decida quantas pessoas incluir na pesquisa

Agora que você já tem suas perguntas de triagem, é hora de enviar a pesquisa.

Antes de fazer isso, pense no seguinte: 

Ao fazer perguntas de triagem, você provavelmente receberá menos respostas. 

Por quê? Porque algumas pessoas não passam da triagem. Lembre-se: isso é bom. Isso significa que o feedback que você vai receber é mais valioso, mas também significa que você talvez deva aumentar a quantidade de respondentes.  

Se você pretende receber uma determinada quantidade de respostas às perguntas seguintes à triagem, precisa pensar na taxa de incidência da pesquisa.

A taxa de incidência é a porcentagem de pessoas que se qualificam para responder à pesquisa. Ela usa a seguinte fórmula:

Fórmula da taxa de incidência

Faça uma estimativa da sua taxa de incidência e use-a para decidir para quantas pessoas enviar a pesquisa. 

Por exemplo, digamos que você deseja coletar respostas de 100 pessoas. Você estima uma taxa de incidência de 75% e uma taxa de resposta de 25%.

Sendo assim, você deve enviar para: 

Cálculo da taxa de incidência

Pode ser difícil estimar sua taxa de incidência aproximada, mas é importante acertar no seu palpite.

Como analisar suas respostas 

Com os resultados da pesquisa coletados, é hora de entender a diferença entre as respostas completas e o total de respostas.

Respostas completas representam a quantidade de pessoas que responderam à pesquisa do início ao fim. O total de respostas inclui cada pessoa que respondeu a qualquer pergunta da pesquisa, inclusive aquelas que não passaram das perguntas de triagem.

Filtre sua pesquisa por respostas completas para focar somente nos respondentes que passaram pela triagem. Veja como:

  1. Visite a página "Analisar respostas" da pesquisa. 
  2. Clique em "+ Filtrar". 
  3. Selecione "Filtrar por status de resposta".
  4. Desmarque "Respostas completas" e clique em "Aplicar".

Agora que você sabe como controlar quem responde à sua pesquisa, poderá obter resultados mais relevantes e valiosos!