4 dicas práticas para quem nunca trabalhou de casa antes

Como aumentar a sua produtividade no trabalho remoto

Para muitas pessoas, pode não ser tão simples fazer a transição de um escritório para o home office. Atualmente, esta é uma nova realidade para muitos trabalhadores. A SurveyMonkey tem algumas dicas e recursos práticos para quem precisa se isolar em casa e ao mesmo tempo estar presente no trabalho.

Pessoa digitando no computador

O trabalho à distância não precisa ser um bicho de sete cabeças. Imagine que maravilha não ter que enfrentar o trânsito ou o transporte público para chegar ao escritório. Só aí seu dia já ficou um pouquinho mais longo. Além disso, em casa pode ser mais fácil se concentrar e produzir mais em menos tempo. Ah, e o meio ambiente agradece por você não entrar no seu carro ou no ônibus duas vezes por dia!

No entanto, nós entendemos que trabalhar em casa pode apresentar alguns desafios, principalmente para os teletrabalhadores de primeira viagem. Por exemplo: separar o tempo de trabalho e o tempo de descanso em casa, a tentação de empurrar certas tarefas com a barriga, e a saudade das interações com os colegas.

Uma consequência da globalização, o regime de teletrabalho vem crescendo no país nos últimos anos. Em 2017, o Brasil já tinha 15 milhões de pessoas realizando teletrabalho. Entre 2017 e 2018, esse número aumentou em 22% e não há nenhum indício de que esse número vai diminuir tão cedo.

A SurveyMonkey tem algumas dicas para você aproveitar este momento ao máximo.

1. Comunique-se com colegas de forma eficaz e frequente.

Quando você estava trabalhando do escritório, havia várias oportunidades de interação imediata: seja ao cruzar com uma colega no corredor ou quando alguém vinha até sua mesa para lhe perguntar algo. No trabalho remoto, se perde um pouco dessa espontaneidade. Por isso, manter o contato com colegas requer um pouco mais de esforço. As interações em geral são menos espontâneas e mais planejadas, o que abre a oportunidade para que reuniões e teleconferências sejam mais produtivas, indo direto ao assunto em vez de fazer rodeios.

trabalho remoto

Testes e enquetes são uma boa maneira de entrar em contato com sua equipe regularmente. Seja para todos darem feedback sobre o melhor dia e horário para a próxima reunião ou para enviar um teste para descontrair, como este desafio de raciocínio. Afinal, assim como no escritório, nem todas as conversas precisam ser formais e estritamente sobre trabalho.

Sim, é importante manter o foco nas suas metas profissionais do dia, mas estes momentos de descontração também podem aproximar os membros da equipe. Em um momento em que todos se sentem isolados, é importante estar presente da forma que pudermos, e expressar para nossos colegas o quanto os valorizamos.

2. Estabeleça uma rotina diária.

Uma das grandes preocupações com o trabalho remoto é ter a disciplina necessária para conseguir trabalhar de fato. Quando você ia para o escritório, tinha uma rotina, por exemplo: acordar, escovar os dentes, tomar café, vestir roupa e ir para o trabalho. Trabalhando de casa não precisa ser diferente. Em casa, você provavelmente tem menos pessoas e distrações à sua volta, o que é uma grande vantagem. As distrações de casa são diferentes das do escritório, e uma rotina ajuda a manter o foco.

Planeje seu dia com antecedência e tente fazer as mesmas atividades na mesma ordem, diariamente. Ter uma rotina pode ajudar a encontrar a motivação para começar o trabalho todo santo dia. A SurveyMonkey tem ótimas dicas sobre como aumentar a sua produtividade.

3. Tenha um espaço de trabalho exclusivo em casa.

A fim de poder estabelecer uma separação clara entre a vida profissional e a pessoal, ter um espaço de trabalho exclusivo faz toda a diferença. Não precisa necessariamente ser um cômodo inteiro; uma escrivaninha no canto da sala já ajuda. Tente usar este espaço SOMENTE para trabalhar. Evite ao máximo trabalhar nos lugares que você usa para descanso e lazer. Quando há uma nítida distinção entre o espaço para atividades de casa e de trabalho, fica mais fácil se desligar do trabalho no final do dia.

4. Cuide do corpo e da mente.

Faça pausas. Descanse. Tire um horário de almoço que não seja na frente do computador. Faça alongamento. Levante-se e caminhe um pouco pela casa de tempos em tempos. Em um dia normal no escritório, você provavelmente faria pausas após longas horas ou reuniões demoradas. Não se esqueça de fazer isso também quando estiver em casa. É importante encontrar tempo para descansar e praticar atividades revigorantes para manter a sanidade e renovar as energias para o dia seguinte.

BÔNUS: Para quem tem crianças em casa, a coisa muda bastante de figura. Temos algumas sugestões adicionais para este caso específico.

Duas crianças lendo um livro
  1. Se possível, divida as responsabilidades de cuidados com as crianças com outro adulto da casa. Vocês podem revezar a cada 4 horas para que cada um tenha um bom intervalo de tempo para poder trabalhar.
  2. Madrugue! Acorde 1-2 horas antes das crianças e tente adiantar algumas tarefas de trabalho.
  3. Aproveite os momentos em que precisa passar tempo com as crianças para fazer alguma atividade física (um esporte no quintal ou uma caminhada com o bebê no sling ou carrinho).
  4. Use os intervalos (horário de soneca ou de tarefas das crianças) para fazer alguma tarefa mais simples e rápida.

Se esta é a primeira vez que você está trabalhando de casa por um período prolongado, pode de fato ser bem desafiador. No final das contas, tudo depende de como o seu dia é organizado e como é o ambiente para trabalhar em casa. A transição do escritório para o home office não é tão simples, mas fazendo algumas adaptações é possível manter a motivação e o ritmo de trabalho que você tinha antes. Aproveite todos os recursos que a SurveyMonkey tem disponíveis para lhe ajudar!

Descubra como a SurveyMonkey pode aguçar sua curiosidade.