Oito práticas recomendadas sobre como trabalhar com a geração Y

O que você pode fazer para melhorar seu relacionamento com seus funcionários da geração Y? O melhor a ser feito é entendê-los e trabalhar com seus pontos fortes. A geração Y atualmente compõe uma grande porcentagem do mercado de trabalho. Portanto, é essencial entender como trabalhar com eles e como incentivar suas habilidades de liderança.

Caso sua empresa não seja eficaz nesse aspecto, nem mesmo a lista mais impressionante de benefícios conseguirá mantê-los na empresa. Eles procurarão por outras oportunidades e deixarão sua empresa assim que encontrarem algo melhor.

Uma empresa forte precisa ter práticas de administração que aproveitem os pontos fortes de seus funcionários. Veja aqui algumas dicas de práticas fáceis de serem implementadas que ajudarão sua organização a administrar melhor a geração Y.

1. Entenda quem eles são

Antes de mais nada, é importante se certificar de que você entenda quem são seus trabalhadores e o que é importante para eles. A geração Y desempenha um papel cada vez maior no mercado de trabalho e, com ela, há todo um conjunto de atitudes, experiências e perspectivas únicas.

  • A probabilidade de a geração Y permanecer no emprego apenas por dinheiro é menor. Segundo uma pesquisa que realizamos em parceria com a Ladders, a geração Y tende a escolher um trabalho com base na experiência que espera ter. Se essa experiência não é obtida, eles a procurarão em outro lugar.
  • Eles buscam empregos que proporcionam significado e propósito. Eles são atraídos por marcas com as quais se sentem conectados. Além disso, permanecem fiéis e se tornam defensores de marcas que honram suas promessas e fazem com que se sintam importantes.
  • Eles querem usar seus talentos individuais e pontos fortes para fazer seu melhor. Se eles não encontram oportunidades de crescimento pessoal e profissional, não hesitam em buscá-las em outro lugar.
  • Eles preferem ações práticas e reais que dão resultados. Metas claramente definidas e feedback contínuo são essenciais para eles.

2. Ajude-os a aprender e a crescer

Trabalhar com a geração Y é como trabalhar com qualquer outra pessoa. É preciso descobrir táticas que facilitam seu desenvolvimento e melhoram a comunicação:

  • Forneça feedback contínuo. Uma avaliação anual de desempenho não é suficiente para essa geração. Eles querem ter feedback e avaliações regulares do seu desempenho.
  • Ofereça oportunidades de crescimento profissional. Segundo uma pesquisa realizada pela Cone Communications, 93% dos trabalhadores da geração Y são motivados pela capacidade de estudar, aprender novas habilidades e avançar em suas carreiras.
  • Incorpore experiências pessoais significativas. No total, 90% dos trabalhadores da geração Y no mercado de trabalho são motivados pela chance de explorar novos lugares e conhecer outras pessoas.

3. Estabeleça metas claras

Estabeleça e compartilhe metas claras e consistentes para cada funcionário e equipe, além de toda a empresa em geral.

  • Permita a colaboração na definição de metas. Permitir que os funcionários contribuam na definição de suas metas profissionais os motiva e envolve mais que a simples atribuição de metas.
  • Trace metas claras. Discuta as metas com cada funcionário, a equipe e toda a liderança com frequência.
  • Defina marcos ao longo do caminho. Comemore todas as conquistas, independentemente do tamanho delas. Descobrimos que 87% dos trabalhadores da geração Y são motivados por reconhecimento pessoal.

4. Torne-os parte da equipe

A geração Y pode ser ótima no trabalho em equipe, mas, como qualquer outra geração, eles gostam de sentir o espírito de equipe e que são parte do sucesso da empresa. Ou seja, você precisa oferecer a eles oportunidades de trabalho como parte de um grupo.

  • Forneça mentores e/ou líderes de equipe. A geração Y tende a consultar outras pessoas antes de iniciar um projeto, gosta de contribuir com suas próprias ideias e está aberta a ouvir o que outras pessoas têm a dizer.
  • Permita que eles trabalhem juntos. Como eles aprenderam a trabalhar em equipe na escola, no esporte e na diversão, a geração Y trabalha muito melhor com outras pessoas para atingir metas claras.
  • Crie comunidades. A geração Y preza pelo bem-estar de todo o grupo, mesmo que isso custe seu próprio sucesso individual. Eles cresceram criando comunidades virtuais e reais focadas em interesses, valores e metas comuns. Os gestores devem estimular esse senso de comunidade para atrair, envolver e reter funcionários da geração Y.

5. Proporcione a eles um senso de propósito

A geração Y normalmente gosta de passar uma mensagem com suas vidas e seus trabalhos. Eles precisam acreditar que o que fazem é significativo e faz a diferença no mundo. Esse sentimento também aumenta o envolvimento do funcionário que, por sua vez, melhora as taxas de retenção.

  • Crie programas de reciclagem no trabalho e possibilite que os funcionários busquem causas filantrópicas afiliadas à sua empresa. A pesquisa realizada pela Cone Communications indicou que 75% dos trabalhadores da geração Y estão dispostos a ganhar menos em uma empresa socialmente responsável. Já 89% deles esperam que seus empregadores ofereçam atividades de responsabilidade ambiental no local de trabalho.
  • Permita que eles dediquem parte de seu talento, energia e tempo a questões sociais e ambientais. Descobrimos que 83% dos trabalhadores da geração Y querem empresas que os ajudem a contribuir com questões sociais e ambientais. Já 89% deles querem ajudar ativamente sua empresa a melhorar suas práticas de negócios responsáveis.
  • Forneça oportunidades e recursos para que eles gerem mudanças sociais e ambientais positivas em casa. No total, 83% dos trabalhadores da geração Y querem ter esse suporte da empresa. Já 84% deles querem que a empresa os ajude a encontrar formas de se envolver mais em suas comunidades.
  • Possibilite o compartilhamento. No total, 76% dos trabalhadores da geração Y querem compartilhar suas fotos e vídeos pessoais e suas experiências profissionais em suas redes sociais. Já 75% deles querem usar hashtags próprias da empresa para fazer isso.

6. Tenha os pontos fortes e fracos deles sempre em mente

Grande parte da geração Y cresceu em um ambiente de conexão praticamente constante com aparelhos eletrônicos. Essa conexão constante afetou suas habilidades gerais tanto de forma positiva quanto negativa.

  • Ofereça a eles acesso a novos equipamentos e programas. Para a geração Y, a navegação em meios de comunicação internos e externos é natural, e realizar várias tarefas ao mesmo tempo é uma arte. Eles se desenvolvem com novas tecnologias.
  • Forneça a eles dados para organizar e sintetizar. Grande parte da geração Y consegue organizar e entender grandes volumes de dados e compilá-los em formatos estruturados e simples de usar com facilidade.
  • Considere criar programas de mentoria bilateral. Uma das melhores formas de ajudar a geração Y com seus pontos fracos é aproveitar seus pontos fortes. Permita que os baby boomers e a geração X, que têm dificuldade com novas tecnologias, aprendam com a geração Y. Em troca, a geração Y pode aprender com eles como melhorar suas habilidades de comunicação interpessoal.

Seus funcionários acreditam que podem usar seus pontos fortes e melhorar seus pontos fracos em seu trabalho? Envie uma pesquisa para descobrir! Criar pesquisa→

7. Inspire-os a se tornarem defensores da sua marca

Com seu interesse e atenção às redes sociais, os funcionários da geração Y podem se tornar perfeitos defensores da marca da sua empresa. Tanto pessoas em busca de emprego quanto clientes em potencial confiam na opinião da família, dos amigos e dos funcionários atuais de uma empresa.

  • Certifique-se de que eles comecem com uma experiência positiva. Durante o recrutamento, a contratação e a integração, a geração Y já tem opiniões e atitudes com relação à empresa e às promessas dela. Pesquisas da Gallup mostram que apenas 12% dos funcionários concordam totalmente que a empresa realiza um ótimo trabalho na integração de novos funcionários. Experiências positivas nessa etapa podem transformá-los em defensores da marca. Considere o uso de um modelo de pesquisa de satisfação com o recrutamento para avaliar a opinião dos funcionários com relação ao seu processo de recrutamento, contratação e integração.
  • Incentive-os a usar as redes sociais para fornecer insights e feedback. Como o uso das redes sociais é natural na geração Y, é mais provável que inspire possíveis novos candidatos. Eles estão prontos para falar em nome da sua empresa e para incentivar as pessoas a se candidatar a cargos ou comprar seus produtos. Você pode contar com o compartilhamento frequente e sincero sobre sua empresa e os produtos e serviços oferecidos por ela, além da experiência pessoal de trabalho deles.

8. Proporcione flexibilidade

Para a geração Y, a vida é muito mais do que ficar atrás da mesa de trabalho por horas. Eles dão mais valor a empregos que oferecem flexibilidade, senso de autonomia e uma vida melhor. Para motivar os funcionários da geração Y, ofereça benefícios flexíveis que resultarão em mais produtividade. Veja aqui algumas formas de trabalho preferidas da geração Y, segundo a nossa pesquisa e a da Gallup:

  • Permita que suas vidas pessoal e profissional se misturem um pouco. Mais de um terço dos adultos afirma ser importante manter o contato com sua vida pessoal no trabalho. Esse número aumenta para 48% entre a geração Y. As três principais atividades que eles consideram adequadas no trabalho são: envio de mensagens de texto, ligações pessoais e o uso de redes sociais.
  • Conte com a conexão constante deles. A vantagem para os gerentes e empregadores é que, mais do que qualquer outro grupo, a geração Y acredita que não há problema em responder a emails profissionais fora do horário de trabalho (43%, comparado a 39% no geral). Os homens da geração Y concordam ainda mais com esse pensamento (47%).
  • Permita relacionamentos no local de trabalho. Um quinto (21%) da geração Y admite já ter tido um relacionamento romântico com um colega de trabalho. Evite segredos e desconforto. Deixe os funcionários à vontade para tornar seus relacionamentos públicos.
  • Possibilite o trabalho remoto e horários flexíveis. Mais do que qualquer outro grupo, para a geração Y, é importante ter flexibilidade no trabalho. Horários flexíveis e trabalho remoto são naturais para eles. Além disso, ao ter a oportunidade de trabalhar de 60% a 80% do tempo fora do escritório, seu envolvimento no trabalho é ainda melhor.

Quaisquer que sejam as mudanças que você opte por incorporar para a geração Y, lembre-se de que o feedback dos funcionários é essencial para melhorar o desempenho e a satisfação no trabalho. Use uma pesquisa de desempenho da gerência para descobrir a opinião dos funcionários sobre seus supervisores e o trabalho deles.

Veja como a SurveyMonkey pode incentivar sua curiosidade