Utilizando a lógica de ramificação em um questionário

O que é a lógica de ramificação?

A lógica de ramificação é um recurso que altera a próxima pergunta ou página à qual o respondente será direcionado com base na resposta fornecida para a pergunta atual. Também conhecida como "ramificação condicional" ou "lógica condicional", a lógica de ramificação cria um caminho personalizado para percorrer o questionário, que varia conforme as respostas de cada respondente. Esse padrão de ramificação varia de acordo com as regras definidas no questionário.

De que maneira a lógica de ramificação pode tornar seu próximo questionário ainda mais eficaz

Preocupado que os respondentes verão perguntas que não se aplicam a eles? Você quer garantir que os questionários estejam adaptados o máximo possível aos seus respondentes? Sempre que estiver lançando uma nova campanha publicitária, avaliando a satisfação dos funcionários ou organizando uma carona, a lógica de ramificação economiza tempo dos respondentes e seu e garante as respostas certas, sem confundir ninguém com perguntas desnecessárias. Como isso funciona? Com a lógica de ramificação, é possível alterar a pergunta ou a página que seus respondentes veem em seguida com base na resposta deles à pergunta atual. Não importa qual seja o caso de uso, a ramificação condicional torna o processo de questionário mais rápido e agradável para os respondentes. Essa é mais uma forma de ajudar você a tomar as melhores decisões possíveis.

A lógica de ramificação é útil para qualquer tipo de projeto

  • Lançamento de novos produtos. Você quer saber se o seu novo sabão em pó ou a sua nova barra de proteína será um sucesso de vendas? Use a lógica de ramificação ou perguntas condicionais para avaliar quem seriam os mais prováveis compradores do seu novo produto. Em seguida, pergunte a eles o que acham da sua marca.
  • Satisfação do funcionário. Curioso para saber se aquele nutricionista com o qual agendou horários para seus funcionários está correspondendo ao investimento? Utilize a lógica de ramificação para descobrir quem realmente foi à consulta e, em seguida, como foi a visita.
  • Atribuição de tarefas. Descubra se um pai voluntário preferiria auxiliar em uma viagem da turma ou organizar a venda de bolos para levantar o dinheiro. Uma vez que souber a resposta, use a lógica de ramificação para conhecer suas preferências de datas e horários, e também se preferem ir ao jardim zoológico ou ao museu – ou se eles planejam preparar uma torta de banana ou brownies.
  • Planejamento de eventos. Tentando descobrir quantos projetores e blocos gigantes de papel serão necessários para o seu próximo workshop? Pergunte aos apresentadores se irão precisar dessas ferramentas e, somente depois, por quanto tempo ou quantas unidades. Pergunte aos participantes se comparecerão para o almoço antes de lhes perguntar se irão precisar de uma refeição vegetariana.

Três razões pelas quais a lógica de ramificação aprimora a experiência do questionário

  1. Ajuste sob medida. Se uma pergunta não se aplicar a um respondente, ele não saberá como respondê-la. Então, se Joe não possui um smartphone, pedir a ele para classificar os últimos cinco aplicativos baixados no smartphone é totalmente desnecessário. Uma pergunta desnecessária como essa normalmente induz o respondente a fornecer uma resposta aleatória – ou até pode fazê-lo se sentir frustrado o bastante para abandonar o questionário. Em geral, os respondentes não desejam ver perguntam que não lhes dizem respeito.
  2. Breve e gentil. Todo mundo gosta um questionário rápido! Propor às pessoas menos perguntas a serem respondidas significa maiores taxas de conclusão e respostas mais ponderadas. Se quiser informações sobre o nível de satisfação do respondente com ônibus e trens, sendo que a Maria só utiliza ônibus e a Sueli usa apenas o trem, ambas estarão mais propensas a concluir o questionário sobre transporte público e fornecer o feedback ponderado desejado se elas tiverem que responder perguntas apenas sobre o tipo de transporte público que realmente usam. Respeite o tempo de seus respondentes. Os benefícios disso refletirão na qualidade e no volume de dados.
  3. Siga o fluxo. Perguntas desnecessárias interrompem o diálogo. Questionários são como diálogos, e perguntas não aplicáveis ​​são fatores de dispersão. Em uma conversa com uma amiga sobre degustação de vinhos, se ela disser que não bebe, sua atitude provavelmente será mudar de assunto para algo mais relevante para ela. Insistir em discutir algo que não se aplica ao interlocutor seria estranho em uma conversa, e essa regra se aplica também para a comunicação impressa.

Veja por que milhões de pessoas confiam na SurveyMonkey

Questionários ilimitados

Envie quantos questionários e testes você quiser, mesmo com planos gratuitos.

Respostas rápidas

Crie e envie questionários profissionais com facilidade. Obtenha resultados confiáveis de forma rápida.

Aprovado por especialistas

Tenha acesso a perguntas e modelos pré-elaborados aprovados por nossos cientistas de questionários.

Resultados em tempo real

Veja os resultados em qualquer aparelho móvel. Observe as tendências em tempo real.

Ideias novas

Questionários proporcionam mais que apenas respostas. Obtenha feedback e adquira novas perspectivas.

Dados acionáveis

Extraia e compartilhe insights dos seus dados com sua equipe.