Perguntas abertas: mais contexto para enriquecer seus dados

Dê mais contexto e detalhes aos resultados da sua pesquisa.

Quais tipos de dados você deseja obter com sua pesquisa?

Essa é uma importante pergunta a ser feita.

Você quer que suas respostas sejam exatas, quantificáveis e previsíveis? Ou você prefere que elas sejam mais detalhadas e específicas, mas menos estruturadas?

O ideal, na verdade, é encontrar um equilíbrio.

Perguntas de múltipla escolha são uma ótima opção para obter dados quantitativos. No entanto, deixar os respondentes à vontade para usar as próprias palavras na resposta pode resultar em informações que você não havia considerado anteriormente.

Elas também ajudam a explicar ou esclarecer tendências que você possa estar monitorando, proporcionando aos dados uma visão diferente.

Por exemplo, se você quiser saber mais sobre seus respondentes, é mais fácil usar perguntas fechadas para obter informações demográficas como idade, sexo ou raça. No entanto, se você solicitar as mesmas informações, mas de outra forma, como

"Fale sobre você"

o resultado será algo mais interessante que informações demográficas básicas. Esta é a vantagem das perguntas abertas: elas coletam dados que não é possível obter de outra forma.

O exemplo anterior talvez não substitua perguntas demográficas padrão, mas pode ser um ótimo complemento para obter uma visão mais detalhada dos seus respondentes.

Conceitos básicos de perguntas abertas

Antes de tudo, o que são perguntas abertas?

Perguntas abertas instigam os respondentes a fornecer respostas usando suas próprias palavras. Elas são criadas a fim de obter mais informações que o possível com o uso de perguntas de múltipla escolha ou em outro formato de pergunta fechada.

Escrever uma boa pergunta aberta requer um equilíbrio um pouco complexo. Ela deve instigar os respondentes a fornecer informações úteis, mas deixando-os à vontade para responder da forma desejada.

A realização de uma pesquisa mostra seu interesse em saber as opiniões e experiências pessoais dos respondentes. Muitas dessas informações podem ser obtidas por perguntas de múltipla escolha ou de menu suspenso, nas quais os respondentes selecionam a resposta mais adequada dentre algumas opções.

Essas perguntas são ótimas para coletar dados qualitativos ou quantitativos, que podem ser agregados e analisados, como para calcular a porcentagem de homens e mulheres entre os respondentes ou a faixa etária deles.

No entanto, algumas perguntas não têm respostas que se encaixam perfeitamente em um grupo de categorias. E se você quiser dar aos respondentes a chance de expressarem suas opiniões, explicarem suas respostas às perguntas anteriores ou simplesmente desabafarem? Nesse caso, use perguntas abertas.

Por exemplo, este Modelo de pesquisa de mercado começa com várias perguntas abertas que solicitam aos clientes indicarem com o que estão satisfeitos e o que gostariam de mudar:

Observe também como este modelo de Pesquisa de eventos da vizinhança usa uma pergunta aberta como complemento de uma pergunta fechada.

1. Com que frequência você participa de eventos neste bairro?

  • Com extrema frequência
  • Frequentemente
  • Com relativa frequência
  • Com pouca frequência
  • Com nenhuma frequência

2. Se você não participa de eventos neste bairro, qual é o motivo?

Pode não ser possível compilar resultados de perguntas abertas em gráficos ou estatísticas, mas você poderá analisar as respostas para saber mais sobre os respondentes. Se algumas respostas se repetirem, é possível usar uma nuvem de palavras para exibir os resultados.

Em geral, é melhor fazer as perguntas mais importantes no formato de múltipla escolha para facilitar a análise e depois usar perguntas abertas para obter mais detalhes.

Normalmente, as perguntas de múltipla escolha são mais específicas no escopo (por exemplo, "Qual é sua idade?", "Qual é sua raça?"). Por outro lado, as perguntas abertas possibilitam a interpretação (por exemplo, "Fale sobre você").

Quais são os benefícios de usar perguntas abertas?

Seus respondentes geralmente surpreenderão você. Mesmo se achar que criou uma ótima pesquisa que coletará todas as informações importantes, a inclusão de uma última pergunta aberta poderá revelar algo novo.

De forma semelhante à opção "Outro" em uma pergunta de múltipla escolha, o uso de pelo menos uma pergunta aberta na pesquisa ajuda a abordar todos os temas essenciais. Seus respondentes podem pensar em algo que você não havia considerado.

Permitir que os respondentes usem suas próprias palavras na resposta pode ser revelador. Dê a eles a oportunidade de se expressar, seja para reclamar de uma experiência ruim ou elogiar uma experiência boa. Eles lhe agradecerão.

Quem não gosta de ser ouvido? Afinal de contas, esse pode ser exatamente o motivo de eles estarem respondendo à pesquisa.

Quais são algumas das limitações das perguntas abertas?

Elas são difíceis de analisar. Se você quiser compilar os resultados em tabelas ou gráficos, não use perguntas abertas.

Caso contrário, precisará codificar manualmente cada resposta, processo que leva tempo e que pode criar vieses. Em vez disso, considere usar perguntas abertas como complemento para perguntas de múltipla escolha ou outras perguntas que formam a base da sua pesquisa.

Elas não são otimizadas para dispositivos móveis. Qualquer tipo de pergunta que exija resposta de texto é difícil de ser respondida em celulares e tablets. As perguntas abertas são particularmente complicadas, pois visam respostas longas com várias frases ou até parágrafos. É muito conteúdo para digitar em uma tela pequena.

Em excesso, podem influenciar negativamente na sua taxa de resposta. Embora responder a uma pergunta aberta não pareça ser muito complicado, não é fácil ler uma pergunta inesperada, ponderar as opiniões e elaborar uma resposta coerente na hora.

O excesso de perguntas abertas pode cansar ou frustrar seus respondentes, aumentando a probabilidade de fornecerem respostas relapsas ou até mesmo desistirem da pesquisa. Seja seletivo no uso de perguntas abertas.

Recomendações finais

Lembre-se sempre de que os tipos de dados que você deseja obter com sua pesquisa determinam os tipos de pergunta a serem feitas.

As melhores pesquisas usam diferentes tipos de pergunta, a fim de obter dados variados. Independentemente de você solicitar feedback sobre seu negócio ou realizar uma pesquisa com seus vizinhos, inclua perguntas abertas e fechadas. Use perguntas fechadas para obter os fatos e números necessários para sua análise. Em seguida, complemente com perguntas abertas para obter mais detalhes.

Veja como a SurveyMonkey pode incentivar sua curiosidade