Produtos

A SurveyMonkey foi feita para atender a todos os casos de uso e necessidades. Explore e veja como a SurveyMonkey pode te ajudar.

Obtenha insights baseados em dados com questionários online.

Integre seus dados com mais de 100 aplicativos e plug-ins.

Crie e personalize formulários para coletar dados e pagamentos.

Crie questionários e descubra insights com nossa IA integrada.

Soluções para todas as suas necessidades de pesquisa de mercado.

Modelos

Meça a satisfação e a fidelidade de clientes à sua empresa.

Saiba o que os clientes querem e torne-os defensores da sua marca.

Obtenha insights práticos para melhorar a experiência de usuários.

Colete informações de contato de clientes potenciais, convidados e outros.

Colete e monitore confirmações de presença para eventos.

Descubra o que as pessoas querem para melhorar seu próximo evento.

Descubra insights para melhorar o envolvimento de colaboradores.

Obtenha feedback de participantes para fazer reuniões cada vez melhores.

Use o feedback de colegas para melhorar o desempenho de colaboradores.

Crie cursos e métodos de ensino cada vez melhores.

Saiba como estudantes podem avaliar o conteúdo e a apresentação do curso.

Descubra o que clientes acham das ideias para novos produtos.

Recursos

Práticas recomendadas para o uso de pesquisas e de dados.

Nosso blog sobre pesquisas, dicas de negócios e mais.

Tutoriais e guias de como usar a SurveyMonkey.

Como grandes marcas geram crescimento com a SurveyMonkey.

Falar conoscoFazer login
Falar conoscoFazer login

Pesquisas são qualitativas ou quantitativas? As duas! Saiba quando e como usar cada uma delas e confira nossos modelos criados por especialistas para realizar sua própria pesquisa.

Logotipo da SurveyMonkey

Pesquisas qualitativas e quantitativas são métodos complementares usados em questionários para obter resultados profundos e amplos.

A escolha do método depende do tipo de dado e insight que você deseja obter de acordo com seus objetivos de pesquisa. Dados qualitativos dão detalhes e contexto para entender melhor respostas individuais. Dados quantitativos podem fornecer os resultados cumulativos necessários para embasar ideias ou hipóteses gerais da sua pesquisa. Para obter os melhores resultados desses métodos em suas pesquisas, é importante entender as diferenças entre eles. Vamos lá!

É uma metodologia que forma a base para tirar conclusões gerais da pesquisa e prever resultados. Esse método visa a coleta de dados numéricos que podem ser usados para medir variáveis. Os dados quantitativos obtidos são estatísticos e estruturados para apresentar resultados conclusivos objetivos baseados na coleta de dados analisados de forma sistemática.

É uma metodologia que visa explicar o “porquê” de resultados de pesquisas. Com menos ênfase em estatísticas e dados estruturados, ela proporciona uma interpretação aprofundada de comportamentos humanos, motivações e emoções por meio de informações textuais. 

Os métodos de pesquisa qualitativa normalmente envolvem observação direta, como entrevistas ou grupos focais. Esse tipo de pesquisa de mercado é normalmente realizado em cenários naturais, ou seja, a equipe de pesquisa estuda os objetos como são, sem experimentos e grupos de controle.

Embora proporcione uma compreensão mais detalhada das perguntas da pesquisa, a abordagem qualitativa pode dificultar a análise dos resultados.

A pesquisa qualitativa coleta informações que buscam descrever um tema, mais do que medi-lo.  Esse tipo de pesquisa usa gráficos ou tabelas para medir opiniões, pontos de vista e atributos em números. 

Pesquisadora de marketing analisando dados de pesquisas de teste de produto.

Resumidamente, os métodos de pesquisa qualitativa e quantitativa têm diferentes objetivos. Dados quantitativos podem ajudar a enxergar o panorama geral. Dados qualitativos adicionam detalhes e podem também proporcionar uma voz humana aos resultados da pesquisa.

Vejamos como usar cada método em um projeto de pesquisa.

  • Formular uma hipótese: a pesquisa qualitativa ajuda a coletar informações detalhadas sobre um tema, normalmente para pesquisa exploratória. Você pode usá-la para iniciar sua pesquisa descobrindo os problemas ou as oportunidades sobre os quais as pessoas estão pensando. Essas ideias podem se tornar hipóteses a serem comprovadas pela pesquisa quantitativa.
  • Validar sua hipótese: a pesquisa quantitativa fornece os números a serem analisados estatisticamente para validar sua hipótese. Aquele problema era real ou apenas a percepção de alguém? As respostas coletadas ajudam você a tomar decisões com base em informações quantificáveis.
  • Encontrar respostas gerais: a pesquisa quantitativa geralmente tem mais respondentes do que a qualitativa, porque é mais fácil realizar uma pesquisa de múltipla escolha do que uma série de entrevistas ou grupos focais. Por isso, ela pode ajudar a responder a perguntas gerais de maneira definitiva, como: o público prefere você à concorrência? Quais serviços da sua empresa são mais importantes? Qual anúncio é mais atraente?
  • Incorporar o elemento humano: a pesquisa qualitativa também pode ajudar nas etapas finais do seu projeto. As declarações que você receber nas perguntas abertas podem dar uma voz humana aos números objetivos e às tendências dos seus resultados. Ouvir seus clientes descreverem sua empresa com as próprias palavras pode ajudar você a descobrir seus pontos cegos.
Círculo de pontos azuis envoltos em um cinza num fundo dividido em azul e cinza

Realize um estudo de pesquisa quantitativa com o SurveyMonkey Audience para alcançar uma amostra de público que corresponda às suas necessidades.

Em um mundo de big data, há uma grande quantidade de estatísticas e números que formam a base sobre a qual podemos tomar decisões. No entanto, essa base fica incompleta sem as informações coletadas de pessoas reais que dão sentido aos números. Por isso, esses dois métodos de pesquisa não são conflitantes. Na verdade, eles funcionam muito melhor em conjunto.

Confira estas dicas de como combinar os dois métodos de pesquisa: 

  1. Realize a pesquisa qualitativa antes de métodos quantitativos.
    A pesquisa qualitativa é, quase sempre, o ponto inicial para tentar descobrir novos problemas e oportunidades, e ajuda a realizar uma pesquisa mais aprofundada posteriormente. Os dados quantitativos oferecem medidas para confirmar e entender cada problema ou oportunidade.

    Por exemplo, uma pessoa que organizou um congresso distribuiu uma pesquisa pós-evento com perguntas abertas para entender de que os participantes mais gostaram e como melhorar. Ela também usou perguntas fechadas para descobrir a taxa de participação, a satisfação geral, a qualidade do grupo de palestrantes e o valor das informações apresentadas. Várias pessoas responderam que a dificuldade de chegar ao local foi frustrante. Para o próximo congresso, a pessoa organizadora adicionou perguntas quantitativas sobre opções de locais de preferência com base nesse resultado qualitativo para melhorar a acessibilidade. 
  2. Decida como obter os dados qualitativos de que precisa.
    Há diferentes métodos que podem ser usados para realizar uma pesquisa qualitativa que resultará em informações detalhadas sobre o tema de interesse.

    - Entrevistas: conversas individuais que permitem aprofundar um tema.
    - Estudos de caso: coleções de histórias de clientes de entrevistas aprofundadas.
    - Opiniões de especialistas: informações de pesquisas aprofundadas de fontes confiáveis.
    - Grupos focais: conversas presenciais ou online com pequenos grupos de pessoas para saber a opinião delas.
    - Perguntas abertas de pesquisa: resposta de pesquisa que permite que as pessoas expressem suas opiniões.
    - Pesquisa observacional: observação de pessoas usando um produto ou serviço no dia a dia.

    No entanto, esse método aberto de pesquisa nem sempre gera os resultados mais precisos para grandes perguntas. Além disso, a análise dos resultados pode ser desafiadora. As pessoas usam diferentes palavras e frases para descrever seus pontos de vista, e as respostas abertas podem desviar do tema, quando comparado a respostas pré-selecionadas.
  3. Saiba por que e quando coletar dados quantitativos.
    Antes de coletar dados quantitativos, tenha em mente as perguntas específicas ou tendências que você deseja quantificar para produzir insights estatisticamente relevantes. Embora sejam ricos e relevantes, os dados qualitativos podem ser muito vagos.

    Sempre que possível, evite confundir os respondentes com perguntas muito gerais e que não gerem o tipo de feedback de que você precisa de acordo com seu objetivo de pesquisa. Por exemplo, vamos imaginar que você preste serviços de internet. Se fizer a pergunta “O que você acha do seu serviço de internet?”, é possível que você não consiga obter os detalhes necessários para avaliar aspectos específicos da satisfação de clientes.

    Nesse exemplo, uma pergunta mais direcionada para avaliar a satisfação seria:

    Meu serviço de internet é confiável:
    - Sempre
    - Na maior parte do tempo
    - Cerca de metade do tempo
    - De vez em quando
    - Nunca
Colaborador respondendo a uma pesquisa.

Os dois tipos de insight podem ajudar a entender melhor o público da pesquisa. No entanto, se você já decidiu que precisa descobrir o “porquê”, não “o quê” (ou vice-versa), é mais simples escolher apenas um método de pesquisa. Vejamos quais são eles mais uma vez:

Dados quantitativos (o quê)

  • Permitem avaliar comportamentos, opiniões e tendências por meio de perguntas fechadas.
  • São numéricos e estatísticos, e permitem analisar padrões, médias e correlações.
  • Permitem a generalização de resultados por meio da coleta de dados de tamanhos de amostra maiores.
  • Estabelecem uma relevância estatística, monitorando métricas com o tempo e comparando os objetivos a referências.

Dados qualitativos (por quê)

  • Fornecem contexto para comportamentos, motivações e atitudes por meio de feedback aberto.
  • Capturam insights mais subjetivos, como sentimentos, opiniões e perspectivas únicas.
  • Possibilitam a descoberta de fatores mais intangíveis, como cultura da empresa e necessidades não atendidas.
  • Permitem o surgimento de novas ideias e temas de forma orgânica.

Nosso modelo de questionário de satisfação de clientes tem bons exemplos de como perguntas qualitativas e quantitativas podem, em conjunto, fornecer uma visão completa do desempenho da sua empresa.

Há quanto tempo você é cliente da nossa empresa?

  • Esta é minha primeira compra
  • Há menos de seis meses
  • De seis meses a um ano
  • De um a dois anos
  • Há três anos ou mais
  • Ainda não fiz uma compra

Qual é a probabilidade de você comprar nossos produtos novamente?

  • Extremamente provável
  • Muito provável
  • Mais ou menos provável
  • Pouco provável
  • Nada provável
  • Você tem algum outro comentário, dúvida ou preocupação?

Veja abaixo outro exemplo do nosso questionário de envolvimento de colaboradores.

Quando você comete um erro, com qual frequência seu supervisor responde de forma construtiva?

  • Sempre
  • Na maior parte do tempo
  • Cerca de metade das vezes
  • De vez em quando
  • Nunca
  • O que seu supervisor precisa fazer para melhorar o desempenho dele?

Agora que você sabe o que são dados qualitativos e quantitativos, e as diferenças entre os dois métodos de pesquisa, consegue entender melhor como combiná-los ou focar em um específico. Eles podem ajudar você no seu próximo projeto: escolha um dos nossos modelos de pesquisa elaborados por especialistas.

Gerente de marketing de marca

Gerentes de marketing de marca podem usar este kit para entender seu público-alvo, expandir sua marca e comprovar o retorno sobre os investimentos.

Como a integração SurveyMonkey com o Salesforce ajuda a melhorar sua experiência de clientes

Como combinar o poder dos dados de clientes do Salesforce com a coleta de feedback da SurveyMonkey para melhorar a experiência de clientes.

Tendências de mercado: três estratégias que profissionais de marketing estão priorizando em 2024

Conheça as últimas tendências de marketing, desde IA até privacidade de clientes. Descubra insights de marketing baseado em dados, multicanal e mais.

Perguntas fechadas: exemplos e como usá-las

Perguntas fechadas capturam respostas específicas e direcionadas ricas em dados estatísticos. Veja tudo que o você precisa saber sobre elas.

A SurveyMonkey pode ajudar você a decidir qual é a melhor opção para o seu caso: a pesquisa qualitativa ou a pesquisa quantitativa.