Perguntas de múltipla escolha: tudo o que você precisa saber

Aprenda quando e como usar o tipo mais comum de pergunta

Perguntas de múltipla escolha são fundamentais para qualquer pesquisa.

Elas são versáteis, intuitivas e geram dados limpos e fáceis de serem analisados.

Como fornecem uma lista fixa de opções de resposta, elas proporcionam respostas estruturadas e facilitam para seus respondentes concluírem a pesquisa.

No entanto, os dados que você recebe se limitam às opções oferecidas.

Isso significa que, se suas opções de resposta não forem abrangentes, você correrá o risco de ter um viés nos resultados.

Embora elas sejam o tipo mais simples, entender os diferentes tipos de pergunta de múltipla escolha e seus usos é um pouco mais complexo.

Tipos de perguntas: resposta única x várias respostas

Uma das diferenças básicas entre os tipos de pergunta de múltipla escolha é permitir ou não que o respondente escolha várias opções de resposta.

Nas perguntas de resposta única, o tipo mais comum, o respondente escolhe somente uma opção de uma lista predeterminada.

Esse formato é ótimo para perguntas binárias, perguntas com avaliação ou escalas nominais. Uma pessoa pode concordar ou discordar de uma afirmação, não os dois. Ela pode estar em um ponto na escala de dez pontos do Net Promoter Score℠ (NPS), não em vários (pode estar no 7, mas não no 7 e no 9).

Perguntas de múltipla escolha de resposta única também são eficazes para descobrir a opção favorita ou menos favorita do respondente em uma lista predeterminada ou para selecionar a opção mais parecida com a opinião dele.

Perguntas de várias respostas têm uma finalidade um pouco diferente.

Se uma pergunta de múltipla escolha de resposta única for “Qual é o seu sabor de pizza favorito?”, uma pergunta de múltipla escolha de várias respostas poderia ser “De quais dos sabores de pizza abaixo você gosta?”. Aqui, o respondente pode marcar todas as opções aplicáveis, em vez de ter de escolher apenas uma.

MD-1348_MultipleChoice_graphic1.2_pt-BR

Fica a critério do criador da pesquisa decidir qual formato de pergunta é mais relevante.

Variações da pergunta padrão de múltipla escolha

Ao decidir se a sua pergunta de múltipla escolha terá uma única resposta ou várias, você poderá escolher uma das diferentes variações de pergunta de múltipla escolha.

Por exemplo, a adição de uma opção de resposta "Outro" ou um campo de comentário pode resolver um problema comum do uso de perguntas de múltipla escolha. Ao fornecer ao respondente uma lista fixa de opções de resposta, você o força a selecionar somente entre as opções indicadas, o que pode influenciar seus resultados.

MD-1348_MultipleChoice_graphic2_pt-BR

E se você não fornecer a opção de resposta desejada por um respondente? Ele pode acabar escolhendo uma resposta com a qual não concorda, o que pode afetar a integridade dos seus resultados.

Uma maneira de resolver esse problema é indicar várias opções de resposta e oferecer ao respondente a opção de escrever a própria resposta personalizada. Ao elaborar a pesquisa, marque a caixa "Adicionar uma opção de resposta 'Outro' ou um campo de comentário" para que seus respondentes possam fazer isso.

É possível ver os comentários na ferramenta Analisar, mas a separação das respostas requer um trabalho manual extra. O respondente deve considerar a opção "Outro" como um último recurso. Se muitas pessoas escreverem as próprias respostas, isso enfraquecerá as comparações entre as opções de resposta principais.

As perguntas de escala de avaliação mostram uma escala de qualquer intervalo (de 0 a 10, de 1 a 5, de 0 a 100 etc.) na qual o respondente deve selecionar o ponto numérico que melhor represente sua resposta.

Para que o respondente entenda uma escala de avaliação, é necessário explicar a relação entre os números da escala e os conceitos medidos por eles na pergunta ou na própria escala.

MD-1348_MultipleChoice_graphic3a_pt-BR
MD-1348_MultipleChoice_graphic3b_pt-BR

Os exemplos acima são maneiras diferentes de elaborar o Net Promoter Score, métrica de "probabilidade de recomendação" usada em questionários de pesquisa de mercado de satisfação do cliente e de envolvimento do funcionário.

Uma escala Likert ou uma escala do tipo Likert é provavelmente a escala de avaliação mais usada. Na escala Likert tradicional, o respondente indica em que grau ele concorda ou discorda de uma afirmação. Escalas Likert são perfeitas para medir as atitudes ou os comportamentos dos respondentes, principalmente em relação a assuntos delicados. Veja este exemplo:

MD-1348_MultipleChoice_graphic4a_pt-BR

É possível variar suas opções de resposta para tornar o foco da sua pergunta mais ou menos granular. Por exemplo:

MD-1348_MultipleChoice_graphic4b_pt-BR

Formatos alternativos de pergunta de múltipla escolha

Perguntas do tipo matriz

É possível fazer várias perguntas consecutivas, cada uma com as mesmas opções de resposta.

Por exemplo, considere uma série de perguntas do tipo concordo/discordo ou de avaliação na qual o respondente deve escolher um número entre 1 e 10 que indique a probabilidade de ele recomendar um produto a um amigo (parecido com o NPS).

Nesse caso, considere usar uma matriz. Embora esse tipo de pergunta simplifique o conteúdo, matrizes muito grandes podem ser muito trabalhosas para o respondente, principalmente em dispositivos móveis. Ele pode abandonar a pesquisa se achar muito difícil de responder, o que pode afetar suas taxas de conclusão.

Caso sua matriz seja tão grande que o respondente precise rolar a tela para a direita ou para baixo constantemente, divida as perguntas ou reduza a quantidade de opções de resposta para que a pesquisa fique mais fácil de ser preenchida.

MD-1348_MultipleChoice_graphic5_pt-BR

Perguntas de menu suspenso

Em vez de mostrar todas as opções de resposta abaixo da pergunta, a pergunta de menu suspenso fornece ao respondente uma lista de respostas a serem selecionadas.

As perguntas de menu suspenso funcionam melhor com perguntas que tenham uma lista longa de opções de resposta curtas, como no caso de perguntas relacionadas ao estado ou ano de nascimento do respondente.

Elas devem ser usadas moderadamente. Para a maioria das perguntas de múltipla escolha, ter todas as opções visíveis ao mesmo tempo proporciona contexto ao respondente enquanto ele responde à pergunta.

MD-1348_MultipleChoice_graphic6_pt-BR
md-1348_multiplechoice_graphic6b_720_pt-BR

Perguntas de classificação

As perguntas de classificação permitem que o respondente escolha a ordem das opções que melhor reflita sua opinião.

Por exemplo, uma pergunta de classificação dos cinco sabores de pizza favoritos informa se o respondente gosta de calabresa e o quanto em relação aos outros sabores disponíveis.

Se você quiser capturar mais informações que o permitido por uma pergunta de múltipla escolha simples, a pergunta de classificação pode ser a melhor opção no seu caso.

As perguntas de classificação são mais difíceis de serem analisadas do que as perguntas de múltipla escolha comuns.

Elas permitem ver se um respondente gosta de uma opção mais do que de outra, mas não dizem em que intensidade. A menos que você esteja especificamente interessado nas preferências de cada respondente e não apenas na média, as perguntas de classificação podem tornar a pesquisa mais complicada do que o necessário.

MD-1348_MultipleChoice_graphic7_pt-BR

As vantagens das perguntas de múltipla escolha

As perguntas de múltipla escolha são o tipo mais comum da SurveyMonkey. Além de serem consideradas "padrão" pela maioria das pessoas, elas também têm determinadas vantagens que outros tipos de pergunta não oferecem.

1. Elas são simples

É muito mais fácil clicar em um botão do que digitar uma resposta. E quanto mais acessível você tornar sua pesquisa, mais respostas completas você receberá.

Você quer, por exemplo, pedir para o respondente escolher entre duas ou mais opções: você concorda ou discorda? Sim ou não? Acha que devemos fazer mais, menos ou estamos fazendo a quantidade certa? Nesses casos, é melhor fornecer as opções para seus respondentes escolherem.

2. Elas dão definições concretas para as opções de resposta

Você pode elaborar perguntas com uma ideia de como as pessoas responderão. Em situações desse tipo, múltipla escolha é geralmente o melhor tipo de pergunta.

Digamos que você esteja pedindo para as pessoas escolherem em qual candidato político elas votarão. E se houver 20 candidatos? Se alguns respondentes já souberem em quem votarão, ótimo! Eles responderão à pergunta sem dificuldade nenhuma.

Porém, para a maioria das pessoas, ter as opções de resposta disponíveis ajuda muito. Também é útil para você. A organização das respostas a perguntas abertas pode dar muito trabalho, mas a análise de dados de perguntas fechadas é simples.

Resultados livres de respostas não sérias ou contendo erros facilita muito o processo de análise dos dados. Dessa forma, o Mickey Mouse nunca aparecerá na sua lista de possíveis futuros presidentes.

3. Elas ajudam a orientar os respondentes

Uma vantagem das perguntas de múltipla escolha é que elas dão contexto sobre como responder. Fornecer opções de resposta no formato de múltipla escolha indica o nível de especificidade ou generalização desejado da resposta.

Por exemplo, o respondente precisa indicar a data de nascimento exata (3 de janeiro de 1975) ou apenas o ano (1975)?

As opções de resposta também podem levar o respondente a dar mais detalhes. Pense em uma escala Likert. Quanto mais opções de resposta você fornece, mais os respondentes podem quantificar o nível de concordância ou discordância (por exemplo, "Concordo", "Concordo totalmente" ou "Concordo mais ou menos").

Pense com cuidado sobre suas perguntas de múltipla escolha antes de enviar a pesquisa, pois as opções de resposta determinarão como você poderá usar seus resultados. Por exemplo, o fornecimento de uma opção "Outro" pode ser conveniente, mas pode dificultar a análise dos dados.

4. Elas são bem visualizadas em dispositivos móveis

Atualmente, a otimização para dispositivos móveis é uma consideração importante no mundo das pesquisas. Praticamente três em cada dez pessoas que respondem a pesquisas da SurveyMonkey nos Estados Unidos o fazem em smartphones ou tablets.

Com telas tão pequenas e sem mouse ou teclado, os dispositivos móveis não são bons meios para pesquisas que usam caixas de texto ou precisem de muita rolagem. Há um momento e um lugar certos para usar as opções de resposta abertas, mas, para dispositivos móveis, prefira perguntas de múltipla escolha simples.

Lembre-se de ler as principais dicas da SurveyMonkey sobre a otimização de pesquisas para dispositivos móveis antes de elaborar sua pesquisa.

Não é à toa que as perguntas de múltipla escolha compõem a maioria das perguntas de pesquisa. Elas são úteis em diversas situações e particularmente importantes quando se entende as sutilezas de como usar cada tipo.

NPS®, Net Promoter® e Net Promoter® Score são marcas registradas da Satmetrix Systems, Inc., Bain & Company e Fred Reichheld.

Veja como a SurveyMonkey pode incentivar sua curiosidade