Pesquisas de satisfação dos funcionários

Aprenda a usar pesquisas para medir o moral e manter os funcionários satisfeitos.

Por que você precisa medir a satisfação dos funcionários?

Todo mundo gostaria de adorar o que faz, não é? Afinal de contas, se as pessoas passam a maior parte do dia no trabalho, é melhor que estejam satisfeitas.

A satisfação dos funcionários implica saber quantos deles gostam de trabalhar para você. Eles estão felizes? Estão satisfeitos com os benefícios que recebem e com as demandas diárias? Pare de tentar adivinhar e descubra os resultados usando uma pesquisa de satisfação dos funcionários.

O que exatamente você pode medir?

As pesquisas com funcionários são importantes para saber mais sobre diversos assuntos, todos eles diretamente relacionados ao moral dos funcionários, à satisfação e ao envolvimento com a empresa.

Benefícios relacionados à saúde, programas de bem-estar, remuneração, desempenho dos gerentes, desenvolvimento de carreira, clima organizacional: você pode aprofundar a análise dessas áreas com uma pesquisa de satisfação dos funcionários bem elaborada.

Por exemplo, você sabia que "tratar todos os funcionários com respeito" é o fator mais importante para a satisfação no trabalho nos EUA? É verdade: de acordo com uma pesquisa realizada pela Society for Human Resource Management, nenhum outro fator impulsiona tanto a satisfação dos funcionários.

Quanto mais você souber sobre como seus funcionários se sentem, mais fácil será garantir a satisfação deles.

Confira nossa biblioteca de pesquisas para funcionários criadas por especialistas.

Exemplos de perguntas para pesquisas de satisfação dos funcionários

Você precisa fazer boas perguntas sobre satisfação dos funcionários para avaliar como eles realmente se sentem em relação à empresa e à função que desempenham.

Estas são algumas das perguntas que ajudam a entender o que os membros da equipe pensam:

  • O quanto seu trabalho é significativo?
  • Quão estimulante é o seu trabalho?
  • Em uma semana comum, com que frequência você se sente estressado no trabalho?
  • O quanto você é bem remunerado pelo trabalho que realiza?
  • O quanto suas opiniões são importantes para seus colegas de trabalho?
  • Com que frequência as tarefas que seu supervisor atribui a você o ajudam a crescer profissionalmente?
  • Quantas oportunidades de promoção você tem onde trabalha?
  • Qual é a probabilidade de você procurar outro emprego fora da empresa?

Dicas para receber feedback dos funcionários

Depois de descobrir quais são as perguntas certas, é importante garantir que você receba o máximo possível de respostas para avaliar melhor a situação no escritório.

Veja algumas dicas para assegurar o sucesso da sua pesquisa sobre o moral dos funcionários.

  • Garanta a confidencialidade dos funcionários. Os membros da equipe precisam ter a tranquilidade de saber que seus pontos de vista serão tratados como confidenciais. Você quer que os funcionários sejam honestos quando responderem à pesquisa, por isso, pense em manter as respostas anônimas para aumentar o sentimento de segurança.
  • Use uma linguagem clara. Evite usar jargão tecnológico e linguagem corporativa que os funcionários possam não entender. Suas pesquisas devem ser lidas como se fossem um diálogo entre duas pessoas para obter feedback sincero.
  • Evite tentar melhorar o texto. Mantenha o texto constante de uma pesquisa para outra e de um ano para outro. Dessa forma, você avalia os mesmos aspectos da cultura da empresa o tempo todo.
  • Use a tecnologia a seu favor. Uma pesquisa online com as ferramentas certas de acompanhamento pode garantir altos níveis de participação. A ferramenta Analyze da SurveyMonkey ajuda a interpretar os resultados.

O que fazer com os dados do feedback

Ter uma pesquisa com as opiniões dos funcionários sobre o moral da empresa é algo bom. Apresente os resultados à equipe e faça mudanças nas políticas organizacionais se necessário.

Sabe o que é ainda melhor? Realizar diversas pesquisas sucessivas para poder comparar os resultados ao longo do tempo.

Compare suas pesquisas a uma referência. Ao concluir uma pesquisa, você terá dado o primeiro passo para saber qual é o nível de satisfação dos funcionários em longo prazo. Quando você repete as pesquisas, cada uma delas é mais valiosa quando relacionada com as anteriores. Você também pode fazer comparações entre departamentos para saber exatamente qual deles precisa de atenção imediata.

Encontre referências externas também. Digamos que 67% dos seus funcionários afirmem que se sentem inspirados a alcançar as metas no trabalho. Isso é bom ou ruim? Pode não ser fácil pensar nos 33% restantes, mas você se sentiria melhor se soubesse que está entre 99% das empresas dos EUA. A SurveyMonkey fornece referências como essa no modelo de pesquisa de envolvimento do funcionário (e muitos outros) para você saber em que nível está em comparação com outras empresas da mesma área.

Diferença entre satisfação dos funcionários e envolvimento

Recentemente, o envolvimento do funcionário se tornou um dos assuntos do momento entre profissionais de recursos humanos. Isso não quer dizer que a satisfação dos funcionários perdeu sua importância da noite para o dia. Em geral, podemos pensar no envolvimento do funcionário como um conceito mais aprofundado e multidimensional que inclui outras medidas além da satisfação.

A SurveyMonkey criou uma pesquisa de envolvimento do funcionário que visa captar esse nível mais profundo de conexão entre o funcionário e a empresa.

A satisfação dos funcionários depende de muitos fatores. Geralmente, eles estão associados às condições concretas do dia a dia no escritório e aos benefícios e remuneração oferecidos aos membros da equipe pelo tempo dedicado e por seu trabalho árduo.

Existem muitos motivos para os funcionários adorarem o trabalho. Se quiser ter uma equipe altamente motivada, será preciso começar a enumerar esses motivos.

Escolha um dos nossos modelos a seguir para começar.

Diversos modelos de pesquisa de satisfação dos funcionários

Para ver como medir com precisão cada um dos fatores que influenciam o moral dos funcionários da empresa, confira nossos questionários para funcionários. Veja a seguir alguns exemplos da nossa biblioteca.

Inclusão e sentimento de pertencer

Desenvolver uma cultura no trabalho que priorize a inclusão e o sentimento de pertencer ao local é a melhor forma de atrair profissionais diferentes e talentosos, criar uma força de trabalho duradoura e, principalmente, demonstrar apoio aos funcionários. O modelo de pesquisa da SurveyMonkey sobre inclusão e sentimento de pertencer pode ajudar você a entender o que sua empresa faz bem e em que pontos pode melhorar.

Remuneração

Se os funcionários acharem que não recebem o suficiente, talvez eles comecem a procurar outra oportunidade em breve.

Benefícios financeiros e bem-estar

Descubra se os funcionários estão satisfeitos com seus planos para o futuro e como a empresa os ajuda a alcançar suas metas de longo prazo.

Benefícios

Flexibilidade no trabalho, planos de aposentadoria, licença remunerada e outros benefícios podem ser essenciais para a satisfação profissional.

Benefícios na área da saúde

Descubra se a opção de plano de saúde da empresa funciona bem para os funcionários.

Desempenho do supervisor

Os gerentes são acessíveis e estão disponíveis? Com que frequência eles dão feedback para os membros das equipes? Eles melhoram o desempenho da equipe com suas contribuições?

Desenvolvimento de carreira

Descubra o que seus funcionários pensam sobre o investimento da empresa em treinamento e formação e sobre as oportunidades de crescimento profissional que eles percebem para o próprio futuro.

Clima organizacional

Os funcionários se preocupam com diversidade, inclusão e cultura de trabalho na empresa? Pergunte a eles.

Gênero no local de trabalho

Criada pela SurveyMonkey e pela Lean In, esta pesquisa avalia as atitudes dos funcionários em relação ao gênero, uma questão essencial que vem ganhando importância no trabalho.

Desempenho da equipe

Seus funcionários acreditam que trabalham com colegas igualmente qualificados e profissionais?

Veja como a SurveyMonkey pode incentivar sua curiosidade