Três tipos de pesquisa de questionário e como usá-los

Grande parte das pesquisas pode ser dividida em três categorias: exploratória, descritiva e causal. Cada uma delas tem uma finalidade específica e só podem ser usadas de determinadas maneiras.

Em pesquisas online, o domínio das três categorias pode resultar em insights mais sólidos e informações de melhor qualidade. Vejamos uma breve visão geral desses três tipos de pesquisa e onde eles se encaixam no plano de pesquisa.

Pesquisa exploratória

A pesquisa exploratória é parte importante de qualquer estratégia de marketing ou de negócio. Ela visa descobrir ideias e insights, em vez de coletar dados estatisticamente precisos. É por isso que ela é mais adequada como ponto de partida para seu plano de pesquisa. A pesquisa exploratória é usada com frequência para definir melhor os problemas da empresa, áreas de possível crescimento e planos de ação alternativos, a fim de priorizar as áreas que exigem pesquisa estatística.

Está procurando o público certo para testar suas ideias? O SurveyMonkey Audience permite criar seu painel desejado de destinatários que fornecerão o feedback de que você precisa para tomar as decisões certas.

Quando se trata de pesquisas online, o exemplo mais comum de pesquisa exploratória ocorre na forma de perguntas abertas. Considere que as perguntas exploratórias da sua pesquisa ajudarão a expandir seu conhecimento dos respondentes. Embora não sejam estatisticamente mensuráveis, as respostas de texto proporcionam informações de qualidade que podem resultar na descoberta de outras iniciativas ou problemas que devem ser tratados.

Pesquisa descritiva

A pesquisa descritiva compõe a maior parte das pesquisas online e é considerada de origem conclusiva devido à sua natureza quantitativa. Ao contrário da pesquisa exploratória, a pesquisa descritiva é pré-planejada e estruturada para que as informações coletadas possam representar estatisticamente uma população.

A principal ideia por trás desse tipo de pesquisa é definir melhor uma opinião, atitude ou comportamento de um grupo de pessoas sobre um assunto. Considere as perguntas comuns de múltipla escolha. A pesquisa é considerada descritiva pois os respondentes podem escolher entre categorias predefinidas. Essas perguntas não proporcionam insights exclusivos sobre os problemas, como ocorre na pesquisa exploratória. Em vez disso, o agrupamento das respostas em opções predeterminadas fornece dados deduzidos estatisticamente. Por isso, é possível medir a relevância dos resultados para a população geral do estudo, além das mudanças de opinião, atitude e comportamento dos respondentes com o tempo.

Pesquisa causal

Assim como a pesquisa descritiva, a pesquisa causal é pré-planejada, estruturada e quantitativa por natureza. Por isso, ela também é considerada conclusiva. A diferença é que a pesquisa causal tenta explicar a relação de causa e efeito entre as variáveis. Essa tentativa é oposta ao estilo observativo da pesquisa descritiva, que tenta decifrar se o relacionamento é causal por meio de experimentação. A pesquisa causal tem dois objetivos:

  1. Entender quais variáveis são a causa e quais são o efeito.
  2. Determinar a natureza da relação entre as variáveis de causa e o efeito a ser previsto.

Por exemplo, uma marca de cereal quer descobrir se o novo design da caixa ajudará a aumentar as vendas. Em vez de realizar uma pesquisa descritiva perguntando às pessoas se elas comprariam o cereal na caixa nova, a marca realiza um experimento em duas lojas separadas. Uma delas vende o cereal na caixa original, e a outra na nova caixa. Tomando cuidado para evitar qualquer fonte externa de viés, a marca mede a diferença nas vendas com base na embalagem. A nova embalagem teve algum efeito nas vendas do cereal? Em caso afirmativo, qual foi esse efeito?

Pensando em criar uma pesquisa?

Lembre-se de que não importa se a sua pesquisa é interna ou externa ou se o objetivo final do seu projeto é melhorar a imagem da empresa, aumentar as vendas de um produto ou começar uma iniciativa com o pé direito. Encontrar o equilíbrio certo entre pesquisa exploratória, descritiva e causal é essencial para o sucesso do seu objetivo.

Veja como a SurveyMonkey pode incentivar sua curiosidade