Produtos

A SurveyMonkey foi feita para atender a todos os casos de uso e necessidades. Explore nosso produto para saber como a SurveyMonkey pode te ajudar.

Obtenha insights baseados em dados com questionários online.

Integre seus dados com mais de 100 aplicativos e plug-ins.

Crie e personalize formulários para coletar dados e pagamentos.

Crie pesquisas e descubra insights com nossa IA integrada.

Soluções para todas as suas necessidades de pesquisa de mercado

Modelos

Meça a satisfação e a fidelidade de clientes à sua empresa.

Saiba o que os clientes querem e torne-os defensores da sua marca.

Obtenha insights práticos para melhorar a experiência de usuários.

Colete informações de contato de clientes potenciais, convidados e outros.

Colete e monitore confirmações de presença para eventos.

Descubra o que as pessoas querem para melhorar seu próximo evento.

Descubra insights para melhorar o envolvimento de colaboradores.

Obtenha feedback de participantes para fazer reuniões cada vez melhores.

Use o feedback de colegas para melhorar o desempenho de colaboradores.

Crie cursos e métodos de ensino cada vez melhores.

Saiba como estudantes podem avaliar o conteúdo e a apresentação do curso.

Descubra o que clientes acham das ideias para novos produtos.

Recursos

Práticas recomendadas para o uso de pesquisas e de dados.

Nosso blog sobre pesquisas, dicas de negócios e mais.

Tutoriais e guias de como usar a SurveyMonkey.

Como grandes marcas geram crescimento com a SurveyMonkey.

Falar conoscoFazer login
Falar conoscoFazer login

Veja quais são os três principais tipos de pesquisa de levantamento e como a SurveyMonkey pode ajudar você em seu próximo projeto de pesquisa.

Logotipo da SurveyMonkey

Pesquisas de levantamento permitem obter insights de um público-alvo. Neste guia, você verá os três principais tipos de pesquisa (exploratória, descritiva e causal) para que possa decidir qual é a abordagem e a aplicação mais adequadas para seus objetivos. 

Para ajudar você a criar um plano de pesquisa de levantamento, abordaremos os seguintes tópicos:

Os questionários são as principais ferramentas de pesquisa para fornecimento de dados como parte da estratégia geral de pesquisa. Pesquisas de levantamento feitas com questionários são fundamentais para a obtenção das respostas necessárias para tomar quaisquer tipos de decisão embasada, desde desenvolvimento de produtos até campanhas de marketing, gerando dados valiosos de pesquisa primária.

Estas são as características da pesquisa de levantamento, independentemente de como ela é realizada:

  • Uso: os questionários são usados para obter informações sobre o comportamento humano.
  • Sistemática: segue processos comprovados de coleta de evidências. 
  • Replicável: a aplicação do mesmo método mais de uma vez gera resultados semelhantes.
  • Tipos: pode ser exploratória, descritiva ou causal; usada tanto em formulários online quanto offline. 
  • Dados: pode gerar dados quantitativos e qualitativos.
  • Imparcial: a amostragem é aleatória para evitar viés.
NPS-Transacional-Relacional

Os benefícios da pesquisa de levantamento variam de acordo com o tipo de informação desejado e método de pesquisa aplicado.

Os questionários normalmente são ferramentas simples, principalmente online. Na SurveyMonkey, você tem acesso a centenas de modelos personalizáveis que facilitam a criação de pesquisas de levantamento. Nosso painel de dados transforma seus dados em gráficos e tabelas, facilitando ainda mais sua leitura e seu uso.

As pesquisas de levantamento online são provavelmente a maneira mais econômica de obter dados. Questionários e entrevistas físicos requerem uma equipe treinada para coletar, calcular e analisar os dados. 

Os questionários permitem coletar dados de uma ampla população em pouco tempo, sendo econômicos. Você não tem uma lista de participantes para seu mercado-alvo? Um painel global de respondentes como o SurveyMonkey Audience pode ajudar você a alcançar os respondentes necessários.

Uma das principais vantagens dos métodos de pesquisa de levantamento é a possibilidade de coletar dados quantitativos e qualitativos, proporcionando uma visão completa do público-alvo. Use diferentes tipos de pergunta, como múltipla escolha, escala Likert, menu suspenso, classificação e muito mais, para obter insights quantitativos. Você também pode fazer perguntas abertas para obter as informações necessárias para revelar perspectivas individuais.

Como qualquer tipo de pesquisa, os questionários têm algumas desvantagens, como:

Devido ao anonimato dos questionários online, os participantes podem não responder de maneira sincera.

Os participantes podem optar por não responder a algumas perguntas, gerando viés nos resultados.

Se as perguntas e opções de resposta não forem específicas o suficiente, as pessoas poderão ter dificuldades para interpretá-las e responder de maneira adequada. Por exemplo, uma pergunta do tipo “sim ou não” pode causar confusão em alguém que queira responder com algo como “apenas uma vez”.

Há vários tipos de método de pesquisa. Exploratória, descritiva e causal são os três principais tipos sobre os quais falaremos aqui. Entenda as diferenças entre cada um deles antes de criar sua pesquisa de levantamento.

A pesquisa exploratória é parte importante de qualquer estratégia de marketing ou de negócio. Ela visa descobrir ideias e insights, em vez de coletar dados estatisticamente precisos. É por isso que ela é mais adequada como ponto de partida para seu plano de pesquisa. A pesquisa exploratória é usada com frequência para definir melhor os problemas da empresa, áreas de possível crescimento e planos de ação alternativos, a fim de priorizar as áreas que exigem pesquisa estatística.

Quando se trata de questionários online, o exemplo mais comum de pesquisa exploratória ocorre na forma de perguntas abertas para obter dados qualitativos. Considere as perguntas exploratórias como um meio para expandir seu conhecimento da sua base de respondentes. Embora não sejam estatisticamente mensuráveis, as respostas de texto proporcionam informações de qualidade que podem resultar na descoberta de outras iniciativas ou outros problemas que precisam ser tratados.

Estas são as principais características da pesquisa exploratória:

  • Contém perguntas de sondagem: usadas para entender mais sobre um tema de maneira qualitativa.
  • Revela novos detalhes: as respostas podem revelar problemas desconhecidos ou novas soluções ao descobrir mais sobre um tema. 
  • Não gera dados mensuráveis: assim como na pesquisa qualitativa, os dados não são quantificáveis.
  • Responde à pergunta “por quê?”: ao contrário dos métodos de pesquisa quantitativa, ela visa descobrir o motivo de algo ou a motivação por trás de um comportamento.

A pesquisa descritiva é a forma mais comum e conclusiva de pesquisa de levantamento, devido à sua natureza quantitativa. Ao contrário dos métodos de pesquisa exploratória, a pesquisa descritiva usa questionários estruturados pré-planejados com perguntas fechadas. Ela também é dedutiva, ou seja, a estrutura e as perguntas da pesquisa são determinadas antecipadamente com base em teorias existentes ou áreas de consulta. Os dados coletados são usados para testar hipóteses ou suposições.

O objetivo da pesquisa descritiva é quantificar e categorizar opiniões, atitudes ou crenças de uma população específica relacionadas a um assunto. Por exemplo, ela pode usar perguntas de múltipla escolha com opções de resposta predefinidas. Embora não proporcione o mesmo nível de profundidade de insights qualitativos, essas perguntas padronizadas geram dados que podem ser analisados e deduzidos estatisticamente. 

O agrupamento de respostas em categorias permite avaliar a prevalência de opiniões ou comportamentos do público-alvo. Ele também possibilita fazer uma comparação com o tempo para identificar mudanças em atitudes ou tendências.

Indicação de um ponto do mapa em um globo

Envie sua pesquisa a um grupo grande ou pequeno de pessoas com o SurveyMonkey Audience.

Estas são as principais características da pesquisa descritiva:

  • Foco em responder a perguntas do tipo “o quê” e “por quê”: ao contrário da pesquisa exploratória, a pesquisa descritiva visa identificar atitudes, opiniões e comportamentos de um público-alvo. 
  • Quantitativa: os dados resultantes são numéricos e podem ser analisados estatisticamente para identificar padrões, médias e correlações e obter insights quantitativos. 
  • Conclusiva: usa perguntas fechadas quantitativas que geram dados numéricos para gerar conclusões estatisticamente relevantes. 
  • Relevante: mede a relevância dos resultados para determinar padrões e tendências.

A pesquisa causal também é quantitativa, pré-planejada e estruturada, assim como a pesquisa descritiva. Por isso, ela também é considerada conclusiva. No entanto, a pesquisa causal vai além da observação para determinar a relação de causa e efeito entre variáveis.

A pesquisa descritiva observa e quantifica fenômenos. Já a pesquisa causal manipula ativamente variáveis por meio de experimentação para testar hipóteses sobre efeitos causais. Por exemplo, uma pesquisa causal pode comparar grupos de controle e de teste para avaliar o impacto de diferentes intervenções.
Os objetivos da pesquisa causal são:

  1. Estabelecer a conexão entre variáveis por meio de análise quantitativa dos dados.
  2. Determinar se há uma relação causal modificando intencionalmente as variáveis e medindo os resultados.

Estas são as principais características da pesquisa causal:

  • Conclusiva: a pesquisa é estruturada no design, pré-planejada e quantitativa por natureza, permitindo que a equipe de pesquisa faça afirmações definitivas sobre as relações causais. 
  • Científica: o objetivo de identificar relações de causa e efeito torna a pesquisa causal mais científica que a pesquisa exploratória ou descritiva.
  • Controlada: controle de fatores de confusão mantendo todas as demais variáveis constantes para isolar os efeitos da variável sendo testada. 
  • Ordenada: para estabelecer uma relação de causa, é preciso comprovar que a causa precede o efeito proposto.
integração-colaboradores
  • A pesquisa exploratória pode ser usada em estudos de caso, observações de campo, grupos focais e entrevistas.
  • A pesquisa descritiva pode ser usada em questionários descritivos, descritivo-normativos, correlativos e de análise descritiva.
  • A pesquisa causal pode ser usada em testes de produtos e para melhoria de publicidade, medidas de retenção de clientes e necessidades da comunidade.

Os questionários de pesquisa têm três principais formatos: online, por telefone e presencial. Vamos analisar cada um deles para que você possa determinar o melhor para sua pesquisa.

O questionário online é o formato mais comum atualmente. Além de ser econômico, é a maneira mais fácil de alcançar um grupo de pessoas, principalmente um público mais amplo. Diversas organizações, como instituições educacionais, empresas, organizações de saúde e agências de marketing, usam questionários online.

Vantagens do uso de questionários online:

  • Resultados precisos: margem de erro extremamente baixa, devido à sua facilidade de resposta para a maioria das pessoas. 
  • Erro humano minimizado: quando os dados estão prontos para serem analisados, a plataforma de questionários cuida de todos os cálculos complexos.
  • Respostas anônimas: os questionários online normalmente são anônimos, deixando as pessoas mais confortáveis para dizer exatamente o que pensam sem se preocupar com possíveis consequências. 
  • Acessível a públicos amplos: questionários online permitem alcançar um público global. Por exemplo, com o SurveyMonkey Audience, você pode alcançar seu mercado-alvo com até 5.000 respostas completas.
  • Flexibilidade: a tecnologia de questionários online permite que a equipe de pesquisa use lógica de ramificação de acordo com a resposta a uma pergunta específica. Com esse recurso, o questionário é personalizado para cada pessoa à medida que ela avança pelas perguntas.
  • Modelos rápidos: a SurveyMonkey oferece vários modelos gratuitos e personalizáveis para ajudar você a criar seu questionário de forma rápida e adicionar identidade de marca, como logotipo, imagens, fontes, etc.

Já foi um método popular de coleta de informações, mas tem diminuído com a ascensão de questionários digitais e a queda do uso de telefones fixos pela maioria das pessoas. 

Quando comparados a métodos presenciais, os questionários por telefone conseguem atingir uma grande amostra de forma econômica. No entanto, eles exigem uma quantidade significativa de tempo e de pessoas. 

As principais desvantagens dos questionários por telefone incluem o risco de erro humano, principalmente devido a erros de transcrição, que podem distorcer os dados, além de o feedback ser menos sincero, já que os respondentes falam diretamente com a pessoa entrevistadora.

As entrevistas individuais podem gerar insights ricos e detalhados por meio de conversa e observação direta, mas tendem a ser extremamente caras para grandes amostras. A equipe de entrevistadores precisa ser treinada para obter dados de alta qualidade que só podem ser proporcionados por esse formato. Por exemplo, é preciso reconhecer e identificar sinais de linguagem corporal, fazer perguntas de follow-up e explorar outras informações, se necessário.

Também há o risco de vários tipos de viés.

Questionários de pesquisa são importantes para a obtenção de insights usados para embasar decisões e estratégias. Por exemplo, a pessoa proprietária de um restaurante pode realizar pesquisas com sua base de clientes para melhorar o atendimento. Uma campanha política pode aplicar enquetes em seu eleitorado para melhorar suas mensagens. Uma empresa de software pode buscar feedback de sua base de usuários para orientar o desenvolvimento de produtos.

Independentemente dos objetivos finais, há quatro motivos principais para realizar questionários de pesquisa.

  1. Os questionários fornecem números concretos: ao gerenciar questionários que contêm dados quantitativos, os números servem como base para a tomada de decisões. Eles também servem para apresentar pesquisas às partes interessadas para a tomada de decisões. A comprovação com dados quantificáveis de que os clientes preferem um recurso de produto a outro é um argumento convincente.
  2. Os questionários fornecem referências contínuas: padrões de dados que indicam tendências são incrivelmente poderosos, ao contrário de dados relacionados aos desejos de clientes. Considere o Net Promoter® Score, que dá uma ideia do nível de fidelidade de uma empresa. Ao repetir o NPS trimestralmente e observar um declínio na pontuação, você pode tomar medidas para investigar e resolver o problema.
  3. Os questionários alcançam públicos mais amplos: em alguns casos, é necessário alcançar um público mais amplo para validação da pesquisa e generalização de uma população específica. Questionários online criados e administrados por plataformas como a SurveyMonkey são muito mais convincentes para grupos grandes, pois podem ser respondidos em aparelhos móveis. 
  4. O anonimato de respondentes gera feedbacks sinceros: os questionários online possibilitam o anonimato das pessoas participantes, incentivando opiniões abertas e honestas. O anonimato remove barreiras, permitindo que as pessoas forneçam respostas mais verdadeiras e sinceras sem medo de julgamento.

Antes de criar sua pesquisa, defina claramente seus objetivos e seu público-alvo. Considere o tempo de duração, o tamanho, a estrutura, as perguntas e os incentivos para otimizar as respostas. Para obter dados práticos de alta qualidade, confira estas dicas para ajudar você a criar sua pesquisa. 

  • Crie perguntas de pesquisa relacionadas aos seus objetivos. Remova perguntas desnecessárias ou redundantes que não geram insights úteis.
  • Organize a pesquisa de forma lógica, começando com perguntas fáceis e não delicadas antes de passar para perguntas mais pessoais e complexas.
  • Use linguagem simples e evite jargões técnicos e frases complicadas que podem confundir as pessoas.
  • Limite o tamanho da pesquisa e a possibilidade de fadiga sempre que possível para manter o envolvimento das pessoas.
  • Atraia a participação com incentivos como descontos, pontos ou vales-presentes como forma de agradecimento.
  • Teste a pesquisa antes de lançá-la para refinar as perguntas e o fluxo geral com base nos feedbacks.

A combinação certa de pesquisa exploratória, descritiva e causal é fundamental para alcançar os objetivos desejados, seja para fins acadêmicos, de negócios ou outros. Tenha sucesso no seu projeto garantindo que ele inclua os tipos certos de pesquisa. A combinação de dados quantitativos e qualitativos coletados por pesquisas de levantamento de qualidade proporciona o nível de insights práticos de que você precisa para sua tomada de decisões e criação de uma estratégia inteligente. 

Comece hoje mesmo. Se precisar de mais respondentes de questionários, consulte o SurveyMonkey Audience ou escolha um plano que melhor atenda às suas necessidades.

Net Promoter®, NPS®, NPS Prism® e os emoticons relacionados ao NPS são marcas registradas da Bain & Company, Inc., da Satmetrix Systems, Inc. e de Fred Reichheld. Net Promoter Score℠ e Net Promoter System℠ são marcas de serviço da Bain & Company, Inc., da Satmetrix Systems, Inc. e de Fred Reichheld.

Gerente de marketing de marca

Gerentes de marketing de marca podem usar este kit para entender seu público-alvo, expandir sua marca e comprovar o retorno sobre os investimentos.

Tendências de mercado: três estratégias que profissionais de marketing estão priorizando em 2024

Conheça as últimas tendências de marketing, desde IA até privacidade de clientes. Descubra insights de marketing baseado em dados, multicanal e mais.

Para além do Net Promoter Score®: a importância do contexto

Como as diferenças culturais afetam os Net Promoter Score® em cada país e como entender melhor seus dados de NPS dando mais contexto à sua pesquisa

Conheça as soluções da SurveyMonkey para produtos e serviços de consumo

O setor de produtos e serviços de consumo, como produtos embalados, turismo e hospedagem, conta com insights da SurveyMonkey para criar o futuro.